Texto: Maria Akemi - Foto: Reprodução/EC Bahia

Ex-treinador do Juazeiro, Sapatão morreu nessa sexta-feira (5) aos 72 anos. Enquanto jogador atuou no Bahia na década de 1970 e foi lembrado pelo Tricolor de Aço, que prestou uma última homenagem ao seu zagueiro.

“Capitão tricolor em todos os títulos da inigualável conquista do heptacampeonato estadual, entre 1973 e 1979, ele estava internado no Hospital da Bahia desde 17 de maio. Nos últimos dias, já na UTI (Unidade de Terapia Intensiva), contraiu a Covid-19”, destaca a Diretoria do Bahia em nota divulgada no site oficial do clube.

O Bahia também publicou um vídeo de uma entrevista feita com Sapatão em 2015. Pelo time da capital foram 450 jogos – em 224 deles o time não sofreu gols.