Bahia: Torcedores bronqueados com o time

A opinião de Jota Jota
Jota Jota

Depois da derrota para o Goiás, resultando na oitava partida sem triunfar, e da entrevista do presidente Bellintani à Rádio Metrópole, aceitando que a vaga para a Libertadores ficou distante, e que o elenco caiu de produção, torcedores do Bahia invadiram as redes sociais protestando contra as declarações, e cobrando providências do mandatário.

Os mais exaltados, falam em corpo mole do elenco, que reivindicou novos acertos para premiações, e que não foram atendidos, que os reservas, não estão à altura dos titulares, e da letargia de todos em campo, atuando como um time vaga-lume, uma hora está aceso, de repente se apaga e deixa escapar os resultados, tal como no Serra Dourada, o Bahia tomou dois gols infantis, em apenas 14 minutos de jogo.

Outros afirmam de que Bellintani, está mais preocupado com a política, do que com o time do Bahia, pois comenta-se a boca pequena, de que ele vai se filiar ao PT, para concorrer à prefeitura de Salvador em 2020, com o que não concordam os fiéis tricolores. Mas de viva voz, nada se ouviu ainda do atual presidente do Bahia, sabe-se que ele tem ao lado de Roger Machado, um projeto de trabalho para o Bahia, a ser executado na temporada vindoura.

Na quarta-feira, o time retorna a campo, e recebe o Atlético Mineiro, que não vem bem dentro da competição, e que fora derrotado em casa pelo Athlético do Paraná, com a incumbência de acabar com a má fase, voltando a vencer em casa, o que era a sua marca, quando se pensava em chegar no G-6, que acabou virando G-8.

Mas o que vai fazer o técnico Roger Machado, já que a queda de produção é notória, seja no individual e no coletivo, impedindo que suas estratégias de jogo, possam dar resultados, a velocidade e o entrosamento que a equipe possuía, deixou de existir. Muitos torcedores, estão reticentes em ir à Fonte Nova, como represália ao péssimo desempenho do time, que sempre teve o seu apoio, com isso, a média de público que passava de 19 mil por jogo, deve cair.

Perigo de cair, apenas um por cento, é o que dizem os matemáticos, já que a matéria é exata, o que não se pode ter como exatidão, são os resultados dos times abaixo do Bahia na tábua de classificação, e que nos 4 jogos que faltam, se superarem, tudo muito difícil, mas nada de impossível, assim como não é a possível melhoria do time de Roger em campo, pois até o momento, o torcedor não pegou no pé do treinador, é esperar para ver.

#PRONTOFALEI.