Baiano: Clubes da B começam a se preparar

Por Jota Jota
Jota Jota

Depois de tudo acertado no Conselho Arbitral, onde foram definidas as datas, regulamento e fórmula de disputa, os seis clubes da série B do baiano, já iniciaram seus preparativos em busca de conseguirem acessar a elite do futebol da Boa Terra em 2021, assumindo o lugar deixado pelo Jacobina. O que tenho a lamentar, é que uma repaginada na competição pudesse acontecer para que a mesmice dos certames anteriores não voltasse a acontecer, o que infelizmente não vai ocorrer.

Os principais clubes, tais como Barcelona, Colo Colo e Unirb, acabaram por fazerem parcerias com times da série A, que ficaram sem atividades neste segundo semestre, e pós pandemia, usando atletas que estão disponíveis, achando que com estas prerrogativas, serão eles os campeões do certame, já que os atletas, comissões técnicas e gerentes de futebol, darão o custo benefício desejado. Será?

Dentre todos que fizeram acordos, o que mais leva vantagem – isso apenas no papel -, é a Unirb, cuja parceria fora feita com parte do elenco da Juazeirense, que queiram ou não, chegou na terceira posição da série “A”, estando qualificada para Copa do Brasil e do Nordeste em 2021 – vejam bem, volto a afirmar, no papel. O Colo Colo, tem parceria com o Doce Mel, que escapou por pouco da degola, e o Barcelona, com o Fluminense de Feira, que não chegou a lugar nenhum, decepcionando sua torcida.

Mas quando batem à nossa porta, jamais perguntamos quem foi, mas sim quem é, e pode ser que uma dessas parcerias, venha a dar um caldo suficiente para a sopa final, sem que ela azede pelo caminho. Os chamados grandes da B, Barcelona, Unirb e Canaã, tinham organogramas pensados, e que não conseguiram cumprir, pelo fato da pandemia, e esquema da série B e o jeito foi partir para o imediatismo.

Volto a dizer – queria o colunista -, ver uma renovação geral, total e irrestrita, no sentido de acabar com a mesmice de todos os anos, de dirigentes que passaram por vários clubes da Bahia, e nada conseguiram, assim como treinadores e jogadores, mas quem és tu na ordem do dia, JOTA, apenas um formador de opinião, com visão futurista, que nem sempre é alcançada pelos que fazem futebol na Bahia.

Vou como em todos os anos, dar tempo ao tempo, e como São Tomé, vou acreditar em tudo, vendo no final da competição. O futebol baiano, neste Fantástico Mundo da Bola, está a alguns anos defasado, e que nem o sobrenatural do ALMEIDA, vai conseguir regularizar.

#PRONTOFALEI.