Por Jota Jota
Ian Juazeirense x Murici 17072021 Foto Carlos Humberto-Agência CH

Eita final de semana da gota serena que viveram os times do estado da Bahia, que disputam o certame brasileiro nas séries de A a D. Na série D, a última divisão do campeonato brasileiro, neste domingo, dois representantes baianos empataram: Bahia de Feira em Arapiraca com o Asa por 1 a 1, e em Alagoinhas o Atlético ficou no zero a zero com o Sergipe. Apenas a Juazeirense venceu o Murici por dois a um no Adauto Moraes no sábado.

Chegando na série C, também no sábado, outro empate do Jacuipense em casa, desta feita contra o Botafogo da Paraíba, sem abertura de contagem, atuando em Pituaçu. E na série B, o Vitoria, na sua saga de derrotas e recuperação de defuntos, perdeu para Brasil de Pelotas, por 1 a 0. Para culminar com os resultados ruins, veio um tombo horroroso em Pituaçu, quando o Bahia, levou uma sonora goleada do Flamengo, por 5 a 0, com direito a baile.

Um final de semana que só uma andorinha, ou melhor, um Cancão de Fogo fez verão neste inferno, ou melhor inverno nebuloso, para o futebol da Bahia de Todos os Santos. Como eu sempre digo, é preciso rever o futebol baiano como um todo. É preciso reciclar, para que se possa alcançar os objetivos que o torcedor espera.

A frase é a seguinte…

Do jeito que foi o final de semana… Só a Juazeirense se salvou.

#PRONTOFALEI@JOTAJOTA.