Da Redação

O boxeador norte-americano Patrick Day, de apenas 27 anos, morreu nessa quarta-feira (16) nos Estados Unidos. Ele sofreu um nocaute que o deixou em coma no 10º round da luta contra o compatriota Charles Conwell.

Promotor de lutas, Lou DiBella disse que Patrick morreu cercado pela família, amigos mais próximos e sua equipe. Contudo, a morte do lutador colocou novamente o boxe em discussão.

Com Patrick, sobe para quatro o número de boxeadores mortos apenas em 2019. O russo Maxim Dadashev e o argentino Hugo Alfredo Santillan morreram em julho. Boris Stanchov, da Bulgária faleceu em setembro. Todas as mortes foram em decorrência dos traumas causados nas lutas.