Da Redação - Foto: Rafael Ribeiro/CBF/Divulgação
Brasil x Chile na Copa de 2014 – Neymar e Aléxis Sanchez – Foto Rafael Ribeiro-CBF-Divulgação

Campeões das duas últimas edições da Copa América, Brasil e Chile entramem campo nesta sexta-feira (2), às 21h, no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ), pelas quartas de final da CONMEBOL Copa América 2021.

Quem vencer, continua na luta pelo título, quem perder, sai da competição prematuramente.

Chegando à fase dos jogos eliminatórias, o técnico Tite não deverá promover rodízio de jogadores e levará a campo o que ele considera o time titular. O goleiro Ederson parece ter assumido o posto de Alisson e será escalado. Nas outras posições não haverá surpresas. Poupado no último jogo, Neymar está confirmado.

Do lado chileno, o técnico Martin Lusarte ainda não sabe se poderá contar com Alexis Sanchez, mas promete levar a campo a força máxima.

Confrontos entre as duas seleções

Segundo informações do site da CBF, este será o 73º jogo entre Brasil e Chile na história do confronto. Até aqui, a Seleção Brasileira tem uma vantagem considerável: são 50 vitórias do Brasil, 14 empates e apenas oito derrotas. Ao todo, são 164 gols marcados e 61 sofridos. O último duelo entre Brasil e Chile foi no Allianz Parque, em São Paulo, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo FIFA 2018. Na ocasião, a Seleção Brasileira venceu por 3 a 0, com gols de Gabriel Jesus (dois) e Paulinho.