Brasil sofre terceira derrota seguida e cai para o 6º lugar nas Eliminatórias

0
290
Créditos: CBF
Da Redação – Carlos Humberto

Diante de 70 mil torcedores, a Seleção Brasileira voltou a decepcionar ao perder para a Argentina por 1 a 0, no Maracanã, em jogo válido pela 6ª rodada das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2026. O gol foi marcado pelo zagueiro Otamendi, aos 17 minutos do 2º tempo. Foi a terceira derrota seguida do time brasileiro na história das eliminatórias, que agora ocupa o 6º lugar com sete pontos. No ano, em nove jogos, foi a 5ª derrota, mais um recorde negativo da Seleção Brasileira.

A RESENHA

Independente do resultado, o clássico Brasil e Argentina desta terça-feira (21) vai entrar para a história por ser a primeira derrota brasileira nas eliminatórias como mandante e pela briga generalizada entre torcedores que atrasou o início da partida em 30 minutos. Quando o jogo começou muitas faltas duras e pouco futebol com apenas duas finalizações do Brasil e uma da Argentina. Nos últimos minutos do primeiro tempo, o Brasil cresceu de rendimento e o zagueiro Romero salvou chute de Rodrygo com goleiro Emiliano Martinez batido.

No segundo tempo, o Brasil começou melhor, dando a impressão que venceria e aos 12 Martinelli perdeu grande chance diante do goleiro argentino em jogada de Gabriel Jesus. Mas, aos 17, em cobrança de escanteio, o zagueiro Otamendi foi no alto e colocou a Argentina na frente fazendo 1 a 0.

Atrás no placar, Diniz mexeu na equipe e colocou Endrick, Joelinton, Douglas Luiz e Raphael Veiga na tentativa de empurrar a Argentina para o seu campo, mas a Argentina respondeu com Di Maria e Lotaro Martins em lugar de Messi que, machucado, teve atuação discreta.

Aos 36 Joelinton exagerou e recebeu cartão vermelho deixando o Brasil com um jogador a menos. Até o apito final, o Brasil insistiu em bolas altas na área adversária enquanto os argentinos procuraram ficar com a bola. Resultado, 1 a 0 e a volta à liderança.