DA REDAÇÃO - Por CARLOS HUMBERTO
Santos x Boca Juniors Libertadores Foto Guilherme Dionizio-Pool-AFP

Na Vila Belmiro, o Santos venceu o Boca Juniors na estreia de Fernando Diniz e respira em busca de uma vaga no grupo C da Copa Libertadores. A partida, válida pela quarta rodada, terminou 1 a 0 para o Peixe, gol marcado pelo lateral esquerdo Felipe Jonatan, eleito melhor em campo, aos 40 minutos do primeiro tempo.

O triunfo mantém vivo o time santista que chega ao segundo lugar do grupo com seis pontos e ganha fôlego para lutar por uma vaga nas oitavas.

Por reclamação, os treinadores Fernando Diniz, do Santos, e Miguel Ángel Russo, do Boca, foram expulsos pelo árbitro uruguaio Christian Ferreyra.

Pelo grupo B, o Internacional saiu na frente com gol de Thiago Galhardo, vacilou e perdeu para o Deportivo Táchira por 1 a 1, nesta terça-feira, no estádio Pueblo Nueva, na Venezuela. Nelson Hernández e Cova marcaram os gols da vitória dos donos da casa.

A derrota colorada embola o grupo, que agora tem três equipes com seis pontos. Pelo critério de saldo de gols, o time brasileiro lidera, seguido do Always Ready e Deportivo Táchira.

Atual campeão da Libertadores, o Palmeiras visitou o Independiente Dell Vale, no Estádio Casa Blanca, no Equador, e venceu por 1 a 0, gol marcado por Raphael Veiga, aos 42 minutos do primeiro tempo, garantindo 100% de aproveitamento e a vaga antecipada nas oitavas de final com 12 pontos.

La Calera x Flamengo – Foto Alexandre Vidal-CRF-Divulgação

Pelo grupo G, o Flamengo enfrentou o Union La Calera, no Estádio Nicolás Nazar, no Chile e precisou de muita força para não perder um jogo considerado fácil. O time chileno surpreendeu e fez 2 a 0 ainda no primeiro tempo, com gols de Ariel Martinez, em falha do zagueiro Bruno Viana, aos sete minutos e Willian Arão, contra, aos 31. O Flamengo acordou e diminuiu através de Gabigol, aos 30, cobrando pênalti, mas o gol do empate só veio no segundo tempo, quando Willian Arão se redimiu e deixou tudo igual aos 31 do segundo tempo.

O tropeço rubro-negro adiou a classificação antecipada, mas manteve o Flamengo na liderança isolada do grupo.

SUL-AMERICANA

Pela quarta rodada da Sul-Americana, o Red Bull Bragantino venceu o Emelec no Estádio Nabi Abi Chedi, por 2 a 0. Fabrício Bruno e Arthur foram autores dos gols.

No outro jogo com participação de brasileiros, o Athletico bateu o Metropolitano, em Caracas, na Venezuela, por 1 a 0, gol de Vitinho.