Da Redação - Foto: Rubens Chiri - SPFC

Hernán Crespo não é mais treinador do São Paulo. O argentino, que levou o time à conquista do Campeonato Paulista deste ano, não resistiu à pressão e deixa o clube nesta quarta-feira (13).

Segundo a diretoria, Crespo deixa o São Paulo em “comum acordo”. Apesar do bom começo de trabalho, o treinador acumulou resultados ruins nas competições nacionais.

Confira a seguir o comunicado do São Paulo:

“O São Paulo Futebol Clube informa que Hernán Crespo deixa o comando técnico da equipe nesta quarta-feira (13). A decisão foi tomada em comum acordo após conversa entre o treinador e a diretoria do Tricolor. Também deixam o Clube Juan Branda (auxiliar técnico), Alejandro Kohan e Gustavo Sato (preparadores físicos), Gustavo Nepote (preparador de goleiros) e Tobías Kohan (analista de desempenho), que chegaram ao Tricolor junto com o treinador.

Ao longo de oito meses, Crespo dirigiu a equipe na conquista do Campeonato Paulista e trabalhou em 53 partidas, com 24 vitórias, 19 empates e dez derrotas, aproveitamento de 57,23% dos pontos. . O time ainda foi comandado em outros quatro jogos pelo auxiliar Juan Branda, quando o argentino se recuperava de Covid-19.

O São Paulo agradece aos profissionais pelo trabalho e pela dedicação demonstrados durante todo o período em que defenderam nossas cores, e pela conquista do título do Estadual, triunfo esse que não era obtido desde 2005. De imediato, o Clube abrirá um processo de busca no mercado pelo novo treinador”.