Por Tony Martins - Fotos: Agência CH

O Presidente da Federação Pernambucana de Futebol-FPF, Evandro Carvalho, prevê o retorno do Campeonato Pernambucano para o dia 28 de junho ou na primeira semana de julho. As três principais equipes da capital Sport, Náutico e Santa Cruz estão voltando aos treinamentos nesta segunda feira (15/06), enquanto o Salgueiro retornará um dia depois. Porém, muitas equipes do interior estão com muitas dificuldades diante do momento difícil que estão vivendo por conta da pandemia do coronavírus.

O Central de Caruaru e o Decisão da cidade de Bonito já revelaram que não têm condições de retornarem às atividades, pois, a situação em seus municípios é muito grave, registrando um aumento significativo da pandemia, o que deixa as autoridades locais resistentes com relação a flexibilização do isolamento social, incluindo o futebol. Já o Petrolina que dispensou seu elenco desde março, deixou claro que só tem condições de voltar a disputa do Campeonato Pernambucano com a equipe sub-20. Nesse caso correria um sério risco de rebaixamento.

O retorno da competição, de certa forma, servirá também de preparação para as equipes de Afogados, Central de Caruaru e Salgueiro que disputarão a Série D do Campeonato Brasileiro, possibilitando aos seus elencos uma melhor adaptação e mais entrosamento antes da competição nacional, além de que essas equipes ainda lutam pelo título.

A FPF disponibilizará um formulário epidemiológico e 30 testes para as equipes, uma vez que, tais procedimentos compõem o protocolo ao qual a volta do futebol está condicionada.