Cancão bate Moto Clube nos pênaltis e avança na pré Nordeste

0
120
Por Tony Martins – Foto: Carlos Humberto

A Juazeirense se classificou para a segunda etapa da pré fase da Copa do Nordeste ao superar o Moto Clube do Maranhão nos pênaltis, por 4 a 1, após empate em 1 a 1 no tempo normal na tarde deste domingo (07/01/2023), no estádio Adauto Moraes. O goleiro João Guilherme brilhou ao defender duas penalidades.

Agora o Cancão de Fogo vai esperar o fechamento da rodada para saber seu adversário que será definido de acordo com ranking da CBF:

1° X 8º

2° X 7°

3° X 6º

4° X 5°

A Juazeirense ficará entre terceiro e quarto colocados e vai defender a vaga para a fase de grupo jogando em casa.

PRIMEIRO TEMPO: GOL E CHANCES PERDIDAS

No primeiro tempo a Juazeirense foi bem melhor, contudo, desperdiçou muitas chances que já poderia lhe garantir o resultado. O único gol do primeiro tempo em favor do Cancão de Fogo, acabou premiando o Moto Clube que perdeu de pouco.

Aos 8 minutos Yan fez boa jogada com Tales pela ponta esquerda e cruzou, a defesa cortou mal e Leandrinho aproveitou para fazer um a zero. A primeira jogada  perigosa do time maranhense aconteceu  aos  31 minutos, Valdir dentro da  área chutou, mas, a defesa cortou. Aos 41 minutos a defesa do Moto falhou, porém, Luis Soares livre perdeu a chance do segundo gol, permitindo que a defesa colocasse a bola para escanteio.

Aos 43 quase que o Moto Clube empatava. Léo  Silva cobrou uma falta, o goleiro João Guilherme largou a bola, mas, antes do atacante maranhense chegar para concluir, o zagueiro  Mauricio botou para escanteio. No final do primeiro tempo, aos 50 minutos, Luis Soares entrou livre na área e chutou em cima do goleiro Dida, desperdicando mais uma chance.

MOTO MELHOR NO SEGUNDO TEMPO E JUAZEIRENSE APÁTICO

A Juazeirense voltou apática para o segundo tempo, sem criatividade e permitindo que o adversário     exercesse o controle do jogo e uma certa pressão ofensiva. Aos 6 minutos  Ryan cruzou da direita, a defesa juazeirense ficou estática, Léo Silva aproveitou o cochilo e subiu livre para cabecear e empatar o jogo.

Aos 12 minutos Alex Silva entrou livre pela direita e chutou para fora, desperdiçando a chance da virada para o time maranhense. Aos 35 minutos Fernando entrou livre e chutou rasteiro para uma grande defesa de João Guilherme, salvando a pátria juazeirense. O último lance de perigo do jogo aconteceu aos 41minutos em boa jogada pela direita, Yan Augusto dentro da área. ajeitou para Clebson livre chutar por cima do travessão. Final 1 x 1, a decisão foi para os pênaltis e o time da casa venceu por 4 a 1.