Equipe vencia o Bahia de Feira até os 49 do segundo tempo, quando Deon deixou tudo igual

Ascom/Juazeirense

A missão era terminar bem o campeonato Baiano. E a Juazeirense, por um detalhe aos 49 do segundo tempo, não seguiu à risca o objetivo traçado pelo técnico Carlos Rabello. Mesmo com dois gols de Nino, o Cancão empatou em 2×2 com o Bahia de Feira na tarde deste domingo (17), no Adauto Moraes, e encerrou o Baiano com 10 pontos.

Nino Guerreiro abriu o marcador aos 16′ do ‘º tempo (Foto: Carlos Humberto)

O Cancão começou bem e aos 16 do primeiro tempo Nino entrou frente a frente com o goleiro Rodolfo para soltar a bomba e abrir o placar. Ainda no primeiro tempo, Ebinho deixou tudo igual num chute de fora da área, sem chances para o goleiro Dejair, novidade no gol do Cancão.

No segundo tempo, novamente Nino fez mais mais um aos 21 minutos. E quando a vitória parecia certa, Deon deixou tudo igual aos 49 minutos. Agora o Cancão se concentra na disputa da Série D. A Juazeirense está no Grupo A9 da competição nacional, ao lado do Itabaiana-SE, Aparecidense-GO e Gurupi-TO. A estreia será no dia 04 ou 05 de maio contra o Gurupi, fora de casa.