Operação Abadá reforça segurança do folião nos pontos de entrega

Desde o início desta segunda-feira (25), a Operação Abadá reforça a segurança dos foliões que vão aos pontos de entrega das tão desejadas camisas. A ação conjunta das polícias Militar e Civil da Bahia acontece nos acessos a festas carnavalescas, até a próxima terça-feira (5), e em diferentes pontos da capital baiana, concentrando-se no principal e mais movimentado local de retirada do abadá, o Shopping da Bahia.

De acordo com o subcomandante da 35ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) “essa operação acontece todos os anos, sempre no período que antecede e também durante o Carnaval.  Dividida em dois turnos, das 8h às 15h e das 13h às 23h, visa coibir atos de ladrões e aproveitadores que tentem usurpar a indumentária. Nos dois turnos, haverá policiamento motorizado, com viatura de quatro rodas e duas motos, bem como sete duplas de policiamento ostensivo”.

No Shopping da Bahia, além das rondas nas imediações, há postos da polícia em diferentes pontos. Uma estação avançada, na parte de fora do shopping, um no estacionamento no segundo piso, próximo ao local de entregas da Central do Carnaval e um no estacionamento que fica ao lado da passarela que dá acesso à Estação de Metrô e ao Terminal Rodoviário. Somente no ponto de entrega que fica no Estacionamento I do centro de compas, serão distribuídos 110 mil abadás.
A turista paraense Vanessa Aguiar já chegou a Salvador para aproveitar todos os dias de festa. No ponto de entrega, garantiu 20 abadás para ela e a família. “Saber que a polícia reforça a segurança de quem vem buscar as camisas dá uma tranquilidade a mais e mais pique para curtir a folia”, assegurou.

Quem também aproveitou para pegar o abadá já nessa segunda-feira foi a técnica de segurança Tereza Sacramento. “A gente junta um dinheirinho o ano todo para poder pagar o abadá e curtir o carnaval. Saber que temos mais segurança para levar eles para casa é muito bom”, confessa.

Dicas

O subcomandante lembra que, mesmo com a atuação da polícia, é importante que o folião adote medidas preventivas. “É interessante que, após fazer a coleta dos abadás, a pessoa não saia ostentando o material. O ideal é guardar em uma bolsa e ser o mais discreto possível. Essas dicas não só valem para esse período, mas também para todo o ano”, alerta o capitão Pereira Filho.

A operação em toda a cidade conta com um efetivo de 830 profissionais, sendo 670 policiais militares e 160 policiais civis. Em 2019, o Governo do Estado traz o tema ‘Carnaval da Bahia. O mundo se une aqui’ e a festa começa, oficialmente, nesta quinta-feira (28) e segue até a quarta-feira de cinzas (6).

Repórter: Renata Preza