Por Maria Akemi - Foto: Carrancas FA/Divulgação

A pandemia da covid-19 modificou o calendário esportivo desde 2020 e com o Carrancas Futebol Americano não foi diferente. Mas para 2021, se não há atividade no gramado, a equipe que representa o Vale do São Francisco na Liga BFA – Acesso Nordeste está na disputa da 1ª Edição da Liga BFA e-sports.

O Carrancas é uma das seis equipes pioneiras no universo esportivo da Liga. As partidas são do famoso jogo League of Legends (LOL). “A pandemia forçou todo mundo a se reinventar. A BFA percebeu a oportunidade de integração dos times e vitrine para divulgação. No Carrancas, de forma direta, a equipe conta com nove pessoas”, explica o diretor da equipe e-sports, Wolney Mororó.

Divulgação

Segundo Mororó, que também é coordenador de estatística do Carrancas FA e já foi Head Coach (treinador) do time que joga com a bola oval, mesmo sendo um ano de estreia na modalidade virtual, as expectativas são no padrão Carrancas FA. “Uma marca forte como a nossa sempre precisa entrar com a ganância de sermos campeões. Mas sempre com os pés no chão, reconhecendo nossos limites e sabendo que sempre temos mais a evoluir”, destaca.

Para mandar bem na Liga BFA – LOL, a equipe do Carrancas treina em média três vezes por semana. Há inclusive um momento para conhecer o adversário da semana. E para ficar por dentro do desempenho da equipe, basta acompanhar as redes sociais do time: @carrancasgg e @carrancasfa.

Marcas como o pede.ai, Donna’s Pizzas e Massas, Revalle, WA Intercâmbio Petrolina e Zoom são algumas das que acreditam no projeto de e-sports. Diante do sucesso dos jogos eletrônicos, a expectativa da Liga BFA é ampliar o rol de games nas próximas temporadas.