Clubes decidem por mais 10 dias de férias para jogadores antes de reunião por direitos internacionais

Encontro online reúne clubes das séries A e B do Brasileiro e vai analisar propostas para venda de transmissão do campeonato, ainda indefinido, para fora do país. Atletas retornariam em maio

Em reunião nesta tarde com a CBF e representantes de todos os clubes da Série A, os dirigentes chegaram a consenso para estender por mais 10 dias as férias de jogadores. Portanto, a volta que seria dia 21 de abril, passa para início de maio. A decisão tem efeito dos clubes e federações ganharem mais tempo para organizar os departamentos e protocolos médicos para possível retorno ao futebol.

– Houve consenso dos clubes para depois, mais adiante, ganhar mais dias no fim do ano – disse um dos dirigentes que participa da reunião online.

Mais cedo, Sergio Sette Câmara, do Atlético-MG, também falou sobre a intenção de aumentar o período de férias. Mas mostrou preocupação com o que vai vir depois do fim do novo período.

– A ideia é aumentar para mais 10 dias. Isso vai acontecer não só com o Atlético, mas com todos os clubes. Até por orientação da própria CBF, da Comissão Nacional dos Clubes. Mas, depois, a partir de 1 de maio, essas férias acabam e aí, como é que vai ser? A tendência é a licença remunerada, mas até quando os clubes conseguirão pagar essas licença remunerada é o “xis” da questão – disse o dirigente do Galo.