Domingo 7, às 15 horas, equipe decide destino na Série D

Por Carlos Humberto
Técnico Maurílio Silva estreia em jogo que decide a permanência do Cancão na Série D

Na tarde desta quinta-feira 4, a Juazeirense encerrou a preparação no Adauto Moraes para o jogo decisivo contra o Iporá, em Goiás, com a realização de um concorrido treino coletivo dividido em dois tempos. Liberado pelo Departamento Médico, o volante Vaguinho treinou normalmente e garantiu presença entre os jogadores relacionados para a Batalha do Ferreirão, no próximo domingo 7, às 15 horas.

Há apenas três dias à frente da equipe, o técnico Maurílio Silva trabalhou intensamente para conhecer as características dos jogadores e extrair o melhor do elenco juazeirense. Como ainda tem treino previsto em solo goiano, o treinador divulgou apenas a relação dos jogadores que viajam. A escalação só momentos antes da partida. O zagueiro Emerson, expulso no último domingo, está fora.

Uma vitória do Cancão de Fogo no próximo domingo sobre o Lobo Guará, como é conhecido o Iporá, além de assegurar passagem para a fase de quartas de final, derruba o incômodo tabu de não ganhar quando joga fora do Adauto Moraes, e encurta o caminho de volta à Série C. Como houve empate no primeiro jogo do mata-mata, em caso de empate no jogo de volta a classificação será decidida nos pênaltis.

São 1.388 km até Iporá-GO, cidade de pouco mais de 30 mil habitantes, segundo dados do IBGE 2018, distante 201 km da capital do Estado, com escalas em São Paulo e Goiânia, e chegada prevista no local do jogo no sábado 6, véspera do confronto.

O Estádio Francisco José Ferreira, o Ferreirão, local da batalha, tem capacidade para 3.500 pessoas, segundo a CBF. Seu maior público foi registrado na partida contra o Vila Nova, em 2017, quando 2.922 espectadores marcaram presença.

Confira o roteiro da viagem:

Saída do Aeroporto Nilo Coelho às 2h40 de sexta-feira, com escala em São Paulo, onde chega às 05h30 da manhã. Às 16h20, a delegação embarca para Goiânia, chegando às 17h20, onde fica hospedada. No sábado, treina pela manhã no CT do Atlético-GO e viaja de ônibus para a cidade de Iporá, distante 201 km da capital goiana, com chegada prevista para 17 horas. O retorno será no domingo após o jogo e a chegada em Petrolina na terça-feira 9 pela manhã.

Lista de relacionados:

Goleiros: Gleibson e Bruno

Laterais: Rodrigo, Cesar, Ewerton e William Santos

Zagueiros: Emílio e Márcio Luiz

Meio-campo: Vaguinho, Iran, William Kaefer, Clebson, Caio Cesar e Marquinhos

Atacantes: Nino, Jeam, Toni e Balotelli