Com apoio da atual diretoria, Randerson Leal é candidato à presidência da Juazeirense

Da Redação
Randerson Leal (Foto: SDJ/Divulgação)

Com o objetivo de promover uma renovação no comando do clube, o deputado Roberto Carlos, presidente desde a fundação em 2008, confirmou seu afastamento do cargo e anunciou o nome do advogado Randerson Leal como candidato ao posto máximo da diretoria da Juazeirense.

A decisão de Roberto Carlos, de não concorrer a mais um mandato à frente do clube, surpreendeu por conta da forte ligação que ele tem com o time do seu coração, mas o nome de Randerson Leal foi bem recebido entre os pares da diretoria e a torcida do Cancão de Fogo. Como sucessor do maior dirigente do clube, Randerson tem a missão de dar continuidade do trabalho do seu pai, apresentado nos 12 anos de vida do Cancão de Fogo.

Randerson conhece de perto a trajetória do clube e exerce as funções de diretor das divisões de base e diretor do departamento jurídico.  Sendo filho do presidente e fundador Roberto Carlos, não deverá ter concorrente e seu nome será homologado no pleito marcado para o próximo dia 14 por aclamação.

Em entrevista ao Bahia Notícias, Randerson Leal confirmou que resolveu aceitar o desafio, após ouvir os argumentos do seu pai, que pretende descansar da função, embora não vá se afastar do clube.

Esta semana, após o anúncio da retomada do campeonato estadual, a Juazeirense anunciou a contratação do treinador Carlos Rabello. De acordo com a programação estabelecida pela FBF, no dia 22 a Juazeirense recebe o Vitória da Conquista no Adauto Moraes, caso o estádio seja liberado pelas autoridades sanitárias de Juazeiro.