Com apoio da Sudesb, 44 atletas do taekwondo da capital e do interior disputam competição no Maranhão neste final de semana 

0
195

Ascom Sudesb

A delegação baiana de taekwondo, composta por 44 atletas, vai disputar o Open Nordeste de Taekwondo, que acontece entre 14 e 16 de abril, em São Luís, capital do Maranhão. Com a concessão de transporte por meio da Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), autarquia da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), a expectativa é que a Bahia conquiste bons resultados na competição. 

Com a saída em Ilhéus na quarta-feira, 12, e passando por Lauro de Freitas, os atletas, entre faixas pretas e coloridas, de diferentes regiões da Bahia buscam aproveitar a pontuação dada no Open de 10 pontos para o ranking nacional da modalidade, sendo que, normalmente, os eventos na região nordeste têm pontuação máxima de cinco. Além disso, os melhores colocados serão classificados para o Grand Slam de Taekwondo, uma das principais competições organizadas pela Confederação Brasileira de Taekwondo (CBTKD). 

O presidente da Federação Esportiva Baiana de Taekwondo (FEBT), Márcio Mascarenhas, espera que a equipe volte com no mínimo 20 medalhas do campeonato apenas com representantes do Nordeste. Os atletas teriam dificuldade de participar sem o apoio da Sudesb, de acordo com ele. 

“A importância desse ônibus para os atletas é na questão financeira mesmo, porque, hoje, dependem desse suporte ou de passagens para viajar e competir. Sem o ônibus, a federação só conseguiria levar entre oito a dez atletas com um esforço maior por causa da pontuação para o ranking. O foco seria nos atletas que poderiam continuar ou conquistar bolsas de apoio dos governos federal e estadual. Infelizmente, o restante não teria como ir. Realmente, é um ganho para o taekwondo da Bahia”, afirma Márcio. 

Um destes atletas que buscam continuar com o apoio é o lutador Diego Figueiredo, atual campeão do Open Nordeste de Taekwondo. Com os títulos nordestino e baiano em 2022, além do 5º lugar no Campeonato Brasileiro e na Copa do Brasil da modalidade, ele é o principal nome da delegação que vai competir, podendo repetir o feito conquistado no ano passado. 

Ascom Sudesb