Adria Tour foi realizado na Sérvia nesse final de semana

Texto: Maria Akemi - Foto: Getty Images

Novak Djokovic é o tenista número um do mundo, mas já demonstrou inúmeras vezes que não está alinhado com as recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS) e federações durante a pandemia da covid-19.

Nesse final de semana ele organizou o Adria Tour, mini-torneio com alguns tenistas do Top 10 na Sérvia, seu país natal. O que se viu foram arquibancadas cheias, público sem máscara e abraços ao final dos jogos (algo estritamente proibido).

“A Sérvia tem “números melhores” em comparação com outros países quando se trata da pandemia global. Você também pode nos criticar e dizer que isso talvez seja perigoso, mas não cabe a mim determinar o que é certo ou errado para a saúde. Estamos fazendo o que o governo sérvio está nos dizendo”, justificou o tenista.

O sérvio já se envolveu em várias polêmicas durante a pandemia. Uma delas foi não apoiar a hipótese de vacina aos jogadores. Nessa semana ele criticou o rigoroso protocolo adotado pelo Aberto dos EUA e não cogita ficar de fora da competição.