Da Redação – Foto: Alexandre Vidal/CRF/Divulgação
Bruno Henrique puxa jogada contra o Botafogo (Foto: Alexandre) Vidal/CRF/Divulgação

Flamengo e Botafogo empataram em 1 a 1 na manhã deste domingo 23, no Maracanã, em partida da 5ª rodada do Brasileirão. A partida reservou bons momentos nas duas etapas, mas os gols só aconteceram nos acréscimos do segundo tempo. O Botafogo saiu na frente, aos 47, em belo gol de Pedro Raul, de voleio, e aos 55 Gabigol converteu em gol o pênalti cometido pelo zagueiro Benevenuto, empatando o clássico carioca.

Para o time rubro-negro, o jogo repetiu o roteiro do confronto contra o Grêmio, quando um gol de pênalti nos acréscimos salvou o atual campeão brasileiro de mais uma derrota no Brasileirão.

O pontinho deixa o Bota na quarta posição com oito pontos, enquanto o Fla chega aos cinco pontos e estaciona na 12ª colocação.

O próximo desafio do Botafogo no campeonato é contra o Inter, no próximo sábado, no Nilton Santos, enquanto o Flamengo visita o Santos no domingo, na Vila Belmiro.

Resumo do jogo

As duas equipes entraram em campo com modificações em todos os setores e realizaram um primeiro tempo de jogo franco. O Flamengo sempre tomando a iniciativa e o Botafogo se defendendo para explorar os contra-ataques. Nos primeiros 45 minutos, cada uma criou duas chances reais de gol, Bruno Henrique pelo Fla e Luiz Henrique pelo Bota.

No segundo tempo, houve queda de produção geral e, apesar das muitas substituições as finalizações ficaram escassas dos dois lados. Nem de longe o Flamengo atual faz lembrar a equipe que encantou o Brasil pouco tempo atrás, e a cada partida fica mais evidente a insegurança dos jogadores do Flamengo nas jogadas mano a mano. Já o time alvinegro cumpre muito bem o papel de uma equipe modesta, mas que dignifica a sua tradição. O empate terminou sendo justo pelo que foi produzido em campo.

FICHA TÉCNICA

Flamengo 1 x 1 Botafogo
Brasileiro Série A – 5ª rodada
Data: 23 de agosto de 2020, domingo
Horário: 11 horas
Local: Maracanã
Gols: Pedro Raul, aos 47, para o Botafogo, e Gabigol, de pênalti, aos 55 minutos do 2º tempo, para o Flamengo
Arbitragem: Leandro Vuaden, Rafael da Silva Alves e Lucio Beisedorf Flor

Flamengo: Diego Alves, Matheusinho, Rodrigo Caio (Matheus Thuler), Léo Pereira e Filipe Luis; William Arão, Diego (Thiago Maia) e Everton Ribeiro (Pedro); Pedro Rocha (Vitinho), Gabigol e Bruno Henrique. Técnico: Domènec Torrent.

Botafogo: Gatito Fernandez, Kanu, Marcelo Benevenuto e Rafael Forster (Pedro Raul); Kevin (Barrandeguy), Caio Alexandre (Danilo Barcelos), Honda (Luiz Otávio), Bruno Nazário e Guilherme Santos; Luiz Henrique e Matheus Babi (Rhuan). Técnico: Paulo Autuori.