Com grande atuação do goleiro Amâncio, Juazeirense elimina Barro Vermelho e decide o título com o XV de Novembro

Atacante Pablo marcou o gol da vitória do Cancãozinho

Por Carlos Humberto – texto e fotos

Estreante em competições oficiais da Liga Desportiva Juazeirense (LDJ), a Desportiva Juazeirense venceu o Barro Vermelho por 1 a 0 e assegurou o direito de disputar o título da competição, que tem o apoio da Prefeitura Municipal de Juazeiro através da Secretaria de Cultura, Turismo e Esporte (Seculte).

A partida realizada na tarde deste sábado 19, no Adauto Moraes, foi disputada em alto nível e mais uma vez atraiu um grande público à principal praça esportiva do município.

O magro placar foi suficiente para colocar o Cancãozinho na grande final, contra o XV de Novembro, na próxima sexta-feira 26, às 20 horas, no mesmo local. Na quinta-feira 25, às 19h30, Olaria e Barro Vermelho disputam o troféu de terceiro lugar.

O gol da vitória tricolor foi marcado aos 37 minutos da primeira etapa pelo atacante Pablo, mas a classificação teve a valorosa colaboração do goleiro Amâncio, considerado o destaque da partida. Sua atuação começou a aparecer aos 22 minutos, ao defender cobrança de pênalti do atacante Jaminho, quando o placar ainda estava 0 a 0. No segundo tempo, quando o Barro pressionava em busca do empate, impediu que sua meta fosse vazada, protagonizando lances de coragem e elasticidade, frustrando os atacantes rubro-negros.

FICHA TÉCNICA

BARRO VERMELHO 0 x 1 JUAZEIRENSE

Data: 19 de outubro de 2019, sábado

Horário: 16 horas

Local: Estádio Adauto Moraes, em Juazeiro-BA

Gol: Pablo, aos 37 minutos do 1º tempo

Barro Vermelho: Neném, Charlinho, Adriano, Maycon (Wesley) (Gabriel) e Naná; Walberth (Nenego), Valmir, Luan e Filipe Negão (Gilvan); Tiago e Jaminho (Nunes). Técnico: Elias Crispim

Juazeirense: Amâncio, Gleuber (Neném), Nilton, Rafael e Esquerda: Dudu, Diego, Rodrigo (Papu), Jaquinho (Toró) e Cacau (Ícaro); Pablo (Dogão). Técnico: Rokembak

Arbitragem: Ramon Gabriel, João Duarte e Paulo Vitor. 4º árbitro Cristiano Carvalho

Cartão amarelo: Diego e Rafael, da Juazeirense; Naná, Adriano e Gilvan, do Barro Vermelho