Com hat-trick de Neymar, Brasil goleia o Peru em Lima

Da Redação
Neymar comemora o gol de empate contra o Peru – Foto Lucas Figueiredo CBF

Sob o comando de Neymar, a Seleção Brasileira fez história na noite desta terça-feira ao golear a Seleção Peruano por 4 a 2 e garantir 100% de aproveitamento nas Eliminatórias para a Copa do Catar. O camisa 10 balançou as redes três vezes e chegou aos 64 gols vestindo a camisa canarinho, superando Ronaldo Fenômeno autor de 62 gols e caminhando com passos firmes para alcançar o Rei Pelé, maior goleador da história da seleção com 77.

Diante de um adversário mais qualificado, a Seleção demorou a encontrar o seu jogo e levou um susto logo aos 5 minutos quando o Peru fez 1 a 0. A reação brasileira começou aos 27 minutos, com Neymar cobrando pênalti. Aos 32′ o VAR interferiu ao anular o que seria mais um gol do camisa 10 do PSG.

O time de Tite com 68% de posse de bola domina a partida, mas foi o Peru que voltou a marcar através de Tapia, aos 13 minutos do segundo tempo, mas a resposta brasileira veio aos 19, por intermédio de Richarlison. As entradas de Everton Ribeiro e Everton Cebolinha deram mais qualidade ao toque da seleção e o terceiro gol veio aos 37, em novo pênalti cobrado por Neymar. Nos acréscimos, o segundo maior artilheiro da seleção decretou o quarto gol que definiu o placar de 4 a 2 para o Brasil.

A seleção chega aos seis pontos em dois jogos e se isola na liderança, seguida pela seleção argentina com a mesma pontuação, mas com menor saldo de gols. Já o Peru caiu para a penúltima posição, com apenas um ponto.

Próximos jogos

Os jogos da terceira rodada começam no dia 12 de novembro. Nessa data, a Seleção Peruana visita o Chile. No dia 14, em jogo isolado, a Seleção Brasileira recebe a Venezuela, no Morumbi, às 21h30.

FICHA TÉCNICA
Peru 2 x 4 Brasil

Eliminatórias da Copa do Mundo 2022 – 2ª rodada
Data: 13 de outubro de 2020 (terça-feira)
Horário: 21 horas (horário de Brasília)
Local: Estádio Nacional (Lima-Peru)
Arbitragem: Julio Bascuñán (Chile), José Retamal e Raul Orellana (Chile)
Gols: Carrillo aos 5′ e Neymar aos 27′ do 1º tempo; Tapia aos 13, Richarlison aos 19′, Neymar aos 37′ e aos 48′ do 2º tempo

Peru: Gallese; Advincula, Zambrano, Abram e Trauco; Tapia (Cueva), Yotún e Aquino; Carrillo, Farfán (Polo) e Christofer Gonzáles (Araújo). Técnico: Ricardo Gareca

Brasil: Weverton, Danilo, Thiago Silva, Marquinhos (Rodrigo Caio) e Renan Lodi (Alex Telles); Casemiro e Douglas Luiz; Richarlison, Philippe Coutinho (Everton Ribeiro) e Neymar; Roberto Firmino (Everton Cebolinha). Técnico: Tite

Cartão vermelho: Zambrano (PER)