Da Redação

As entidades de classe do comércio de Petrolina divulgaram nota nesta sexta-feira esclarecendo como fica o funcionamento das lojas após a decisão do Ministério Público. Confira:

NOTA CONJUNTA

Seguindo determinação judicial que suspendeu o Decreto Municipal n° 037/2020, para reabertura gradual do comércio de Petrolina e faz seguir o plano de retomada implementado pelo Governo do Estado de Pernambuco, as entidades representativas do comércio comunicam sobre as mudanças que devem ser seguidas imediatamente conforme Decreto Estadual, nº 49093 de 12 de junho de 2020:

  1. a)        As lojas com até 200m2 (à exceção das situadas em shopping centers ou centros comerciais) continuam abertas em Petrolina e as lojas acima dos 200m² fecham;
  2. b)        Centros comerciais como galerias e shopping fecham e aguardam autorização de novo Decreto Estadual;
  3. c)         Salão de beleza e serviço de estética continuam funcionando, seguindo protocolos sanitários;
  4. d)        Bares, restaurantes e academias por enquanto sem data prevista para abertura.

As entidades ressaltam ainda que estão no aguardo de um novo decreto como condicionante para implementação do terceiro nível do plano de convivência do Governo do Estado nos próximos dias.

Assinam esta nota:

*Sindicato do Comércio Varejista de Petrolina – Joaquim de Castro (presidente)

*Câmara de Dirigentes Lojistas de Petrolina- Manoel Vilmar (presidente)

*Associação dos Contabilistas do Vale do São Francisco e Sertão de Pernambuco – Nivaldo Almeida (presidente)

*Associação dos Lojistas do River Shopping – Fábio Lisandro Lima

*Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias, informações e pesquisas de Pernambuco – Ítalo Mendes

*Sindicato dos Trabalhadores do Comércio de Petrolina – Sérgio Lacerda (vice presidente)

*River Shopping- Welton de Assis Carvalho (Superintendente)

*Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai)/ unidade Petrolina – Flávio Luiz Guimarães (diretor)

*Federação das Indústrias de Pernambuco (FIEPE)/unidade Regional do Sertão do São Francisco – Albanio Venancio (diretor regional)

*Sindicato dos Produtores Rurais de Petrolina – Jailson Lira de Paiva (presidente)