Falôôô… A opinião de Jota-Jota

Depois de sete empates e uma derrota, mesmo assim conquistando a classificação para as quartas de final, o Vitoria joga logo mais no Castelão sua permanência na Lampions Liague, enfrentando o Fortaleza, time de melhor campanha no seu grupo, e que ganhou em partida única, o direito de decidir em casa, sua passagem ou não, para a semifinal da competição.

Com a chegada de Claudio Tencati, a sina de empates do time rubro negro continuou, mas o técnico tinha menos de 10 dias no comando do time. Com mais uns dias de trabalho, Tencati pode transmitir o que deseja para seu time, e a assimilação dos atletas está sendo aguardada na partida de hoje.

Mas como o tempo foi curto, embora treinassem durante uma semana, nada se muda da noite para o dia, principalmente no futebol, mas nota-se, que a autoestima dos jogadores, foi aguçada, tal como seus egos, no sentido de terem melhor desempenho em campo. O que mais os rubro negros vão levar para campo, será a auto confiança, crendo que é sim possível vencer seu adversário, apesar das campanhas diferentes, porque cada jogo, é um jogo, com definições diferentes, principalmente porque não existe vantagem no certame, é preciso vencer no tempo regulamentar, ou serem eficientes nas cobranças de pênaltis, se a decisão chegar a este extremo.

Blindados dos acontecimentos extra campo, para que a tranquilidade reine entre eles, a equipe está no Ceará desde sábado 6, à noite, treinou no domingo 7, no campo do Floresta F.C., visando o confronto diante dos comandados de Rogério Ceni, que viu seu time cair de produção, nas semifinais do campeonato cearense, venceu os dois jogos pelo mesmo placar, 1 a 0, mas garantindo ir às finais contra o Ceará do Lisca Doido, que fora desclassificado da Lampions Liague em casa, perdendo para o Náutico, o torcedor do Vitoria, espera que o raio caia de novo no Castelão.

Pelo regulamento da competição, o Vitoria pode até ser campeão, sem vencer um jogo no tempo normal, mas triunfando sempre nas decisões por pênaltis, o que será um caso totalmente inédito no futebol, acredito eu, que com tantos anos de crônica, não me lembro de um feito assim, pode meus alfarrábios mentais, estarem me traindo, sou ser humano.

Em passando de fase, o Vitoria continua em competições, caso contrário, vai passar uns dias treinando apenas, esperando sua estreia na série B, contra o Botafogo em Ribeirão Preto. Como disse, e volto a afirmar, a palavra chave em campo esta noite, é CONFIANÇA, os jogadores precisam acreditar que podem, e o torcedor com pensamentos positivos na frase… EU ACREDITO.

#PRONTOFALEI.