A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) foi multada em 15 mil dólares (cerca de R$ 57 mil) pelos gritos homofóbicos proferidos pela torcida na partida de estreia do Brasil na Copa América, contra a Bolívia, no Estádio do Morumbi. A decisão foi divulgada pela Conmebol nesta quinta-feira, através de seu site oficial.

A cada reposição do goleiro Lampe, da Bolívia, era possível ouvir os gritos de “bicha” vindo das arquibancadas. De acordo com o informativo da Conmebol, a CBF foi enquadrada nos artigos 8 e 14, do Regulamento Disciplinar, que cita “insultar ou atentar contra a dignidade humana de outra pessoa ou grupo de pessoas, por qualquer meio, por motivos de cor de pele, raça, etnia, idioma, credo ou origem”.

A decisão contra a CBF não cabe recurso. Além disso, o valor da multa será descontado diretamente do montante que a entidade brasileira tem a receber pelas premiações e participação no torneio.

Crédito: Superesportes