Jogo de volta será na quinta-feira 5, no Adauto Moraes

Por Carlos Humberto - Foto/capa: Ivan Storti/Santos FC/Divulgação

Humilde, mas com altivez, a Juazeirense enfrentou o Santos, na Vila Belmiro nesta quarta-feira (28), e perdeu por 4 a 0 na primeira partida das oitavas de final da Copa do Brasil.

Bem postado defensivamente, o Cancão de Fogo resistiu os primeiros 45 minutos, impedindo que os atacantes do Peixe chegassem à meta defendida pelo excelente goleiro Rodrigo Calaça. Nessa etapa, aos 14 minutos, o meia Júnior Timbó desperdiçou uma grande chance à frente do goleiro João Paulo.

O segundo tempo começou com o Santos repetindo a mesma pressão, mas a melhor chance veio nos pés de Kesley que fracassou no arremate final, permitindo a defesa do goleiro santista.

No entanto, como preconiza a máxima do futebol, quem não faz, toma, e o Santos, incansável na busca da vitória desde o apito inicial, foi premiado com quatro gols marcados por Madson, Lucas Braga, Marcos Leonardo e Carlos Sanchez, levando uma respeitável vantagem para o jogo de volta em Juazeiro.

Além da bravura coletiva do time, que soube se defender enquanto teve fôlego, a presença fundamental do goleiro Rodrigo Calaça evitou que a Juazeirense voltasse para casa com uma derrota mais contundente.

Segue a tabela

A Juazeirense volta a campo no próximo sábado, 31, quando enfrenta o Sergipe no Adauto Moraes, às 16 horas, pelo Brasileiro da Série D. No dia 5, quinta-feira, recebe o Santos, no mesmo local, para o jogo de volta da Copa do Brasil, às 19h15.

Já o Santos, antes de fazer o segundo jogo contra a Juazeirense, viaja ao Mato Grosso, onde enfrenta a Chapecoense, na Arena Condá, pela 14ª rodada da Série A, às 18h15.

FICHA TÉCNICA

Santos 4×0 Juazeirense

Copa do Brasil – oitavas de final – jogo de ida

Data: 28 de julho de 2021, quarta-feira

Horário: 19h15

Local: Vila Belmiro, em Santos-SP

Arbitragem: Wagner do Nascimento Magalhaes, Michael Correia e Luiz Claudio Regazone

Gols: Madson, aos 26min; Lucas Braga, aos 39min; Marcos Leonardo, aos 46min e Carlos Sanchez, aos 54min do 2º tempo

Santos: João Paulo; Madson, Luiz Felipe, Kaiky e Felipe Jonatan; Jean Mota, Pirani (Bruno Marques) e Carlos Sanchez; Marinho (Marcos Leonardo), Marcos Guilherme e Lucas Braga. Técnico: Fernando Diniz

Juazeirense: Rodrigo Calaça; Guilherme Lucena (Carlinhos), Jamerson, Wendell e Daniel; Waguinho ©, Patrik, Sapé e Júnior Timbó (Ian Augusto); Toni Galego (Waldir) e Kesley (Nino Guerreiro). Técnico: Carlos Rabelo