Da REDAÇÃO – Foto Felipe Oliveira/ECB

Após vencer a partida final por 2 a 1 no tempo normal, o Bahia superou o Ceará nos pênaltis por 4 a 2 e ficou com o título da 18ª edição da Copa do Nordeste de forma brilhante, na tarde deste sábado 8, na Arena Castelão, na capital cearense.

Os gols aconteceram no segundo tempo. Rodriguinho, aos 17 minutos e Gilberto, aos 24, marcaram para o Esquadrão, descontando Jael, aos 38, para o Vovô.

A derrota marcou a perda de invencibilidade do time cearense, que não perdia há 23 jogos na Copa do Nordeste.

Foi o quarto título do Bahia, que se junta ao rival Vitória, maiores vencedores da história da competição. O Ceará permanece com duas conquistas. Além de quebrar sequência de tropeços diante do rival nordestino, o Bahia devolveu a derrota sofrida na decisão do ano passado, quando perdeu o título em Salvador para o Ceará.

Como fato negativo, as cenas lamentáveis protagonizadas por jogadores das duas equipes ao final da partida.

FICHA TÉCNICA
Ceará 1(2×4)2 Bahia
Decisão da Copa do Nordeste 2021
Data: 8 de maio de 2021, sábado
Horário: 16 horas
Local: Arena Castelão
Arbitragem: Dênis da Silva Serafim, Esdras Mariano de Lima Albuquerque e Brigida Cirilo Ferreira (todos de AL)
Gols: Rodriguinho, aos 17; Gilberto, aos 24; Jael, aos 38min do 2º tempo

Ceará: Richard; Gabriel Dias (Cleber), Messias, Luiz Otávio e Bruno Pacheco; Pedro Naresi, Oliveira, Vina e Mendoza; Lima e Felipe Vizeu (Jael). Técnico: Guto Ferreira

Bahia: Matheus Teixeira; Renato Guedes, Conti, Juninho e Matheus Bahia; Jonas (Matheus Galdenazi), Thaciano (Lucas Araújo) e Daniel (Edson); Rossi (Óscar Ruiz), Gilberto (Thonny Anderson) e Rodriguinho. Técnico: Dado Cavalcanti