Da Redação – por Jota Jota
Copa-America-2021 – Foto Twitter Conmebol Reprodução

A maioria dos cronistas esportivos com quem pude conversar ou lê seus depoimentos, são contrários à realização da Copa América no Brasil, não importando o que pensam a CBF e o Presidente da República, que deram sinal verde para a Conmebol, depois da mesma ter as sedes da Colômbia e Argentina negadas.

Imprensar o calendário do nosso futebol, tudo bem, dá-se um jeito, mas ignorar a pandemia, é uma atitude deveras irresponsável, uma vez que teremos que receber delegações com mais de 40 pessoas em cada uma, sem que a competição seja em uma bolha, correndo riscos inimagináveis para a proliferação do Covid-19, mesmo com as precauções anunciadas.

Estados como Bahia e Pernambuco já disseram que não vão flexibilizar as medidas restritivas estabelecidas para que jogos tenham público, sem contar que alguns parlamentares, estão entrando no STF, tentando vetar a competição, que vai dar muito dinheiro para as confederações, e pode também proporcionar muita gente infectada para os hospitais brasileiros, que já estão sem leitos.

No Senado, onde acontece a ‘CPI da Pandemia’, o vice-presidente senador Randolfe Rodrigues (REDE) vai convocar o presidente da CBF Rogério Caboclo para depor nos próximos dias.

Vamos ver o que vai dar, pois ainda se tem alguns dias para o início da competição, e de repente, acha-se uma antiviral para este mal que estão trazendo para cá.

#PRONTOFALEI@JOTAJOTA.