Dança dos técnicos: Botafogo demite Paulo Autuori

Da Redação
Paulo Autuori, treinador do Botafogo (Foto: BFR/Divulgação)

O treinador Paulo Autuori foi desligado do comando técnico da equipe do Botafogo nesta quinta-feira (1º).  O comunicado foi anunciado pelo Comitê Executivo de Futebol do clube. Ontem, após a derrota para o Bahia por 2 a 1, ainda nos vestiários Autuori comunicou ao elenco que entregaria o cargo.

Autuori, que havia manifestado o seu descontentamento com os rumos tomados pelo futebol brasileiro, aceitou a decisão do clube “Sem qualquer tipo de constrangimento” e pediu para que o Botafogo “busque soluções imediatas”.

Leia o comunicado enviado pelo treinador ao clube:

“Caro Presidente e membros do Comitê, passo aqui para comunicar que está na hora de proceder mudanças, sem qualquer tipo de constrangimentos. Tanto assim que ontem, para facilitar as coisas, comuniquei aos jogadores que é esse o caminho. Uma coisa é ser persistente, outra, é ser teimoso. Quando os sinais são negativos, é teimosia. Sem espaço para retroceder na atitude já tomada. Por favor, buscar, imediatamente, soluções. Obrigado. Lembranças às famílias”, escreveu, Autuori.

Paulo Autuori esteve à frente do Botafogo em 23 jogos na presente temporada. Seu cartel registra seis vitórias, 13 empates e quatro derrotas, com 19 gols marcados e 21 sofridos.

O Botafogo anunciou a chegada de Túlio Lustosa para exercer a função de gerente de futebol. Enquanto não se define um substituto para Autuori, o auxiliar Bruno Lazaroni estará no comando da equipe nos próximos jogos. Ele conta com forte apoio interno, e deverá ser efetivado no cargo. O primeiro adversário será o Fluminense, neste domingo, pela 13ª rodada do Brasileirão.