Débitos podem tirar Petrolina da Série A1 em 2019

Por Maria Akemi – texto e foto

Petrolina, a Fera Sertaneja (Foto: Maria Akemi)

Campeão da Série A2 do Pernambucano em 2018 o Petrolina pode não participar da elite em 2019. A situação financeira é o principal empecilho da Fera Sertaneja e segundo o presidente Ronaldo Silva, existe um planejamento para a nova temporada, mas sem dinheiro, não será possível tocar o projeto.

“O planejamento está pronto, muito bom, um planejamento não só para o Campeonato Pernambucano, mas um planejamento amplo: Copa do Brasil, Copa do Nordeste e Série D. Planejamos, agora é arrumar parceiros, o que está difícil”, disse à nossa equipe.

De acordo com Ronaldo Silva, há hoje um débito com atletas e fornecedores que chega a R$ 70 mil e ele não iniciará o campeonato de 2019 ainda devendo. “Não foi resolvido 100%, foi resolvido 50% de atletas e fornecedores. Depois que a gente resolver esse problema financeiro vamos atrás [de atletas]”.

Caso consiga quitar os débitos, Ronaldo precisará buscar um treinador já que Pedro Manta deixou a Fera Sertaneja. Atletas experientes como Waguinho também saíram da equipe, provocando um desmanche no time campeão em 2018.