Por Tony Martins

Atlético de Alagoinhas e Bahia de Feira empataram o primeiro jogo da final do Campeonato Baiano 2021. A partida aconteceu na tarde deste domingo (16/05), no estádio Antônio Carneiro, na cidade de Alagoinhas, registrando um placar de 2 a 2.

O primeiro tempo, apesar de muito disputado, teve pouco lances de gols, sem que os goleiros tivessem qualquer trabalho na partida. Para a segunda etapa, o Atlético voltou pressionando o adversário com jogadas fortes e perigosas de Ronan e Robert, dando muito trabalho a defensiva do Tremendão. O Carcará, inclusive, teve um gol de Ronan anulado pelo VAR, que flagrou um impedimento de Robert.

Notadamente, só depois dos trinta minutos finais é que a partida ganhou aspectos de uma decisão. Principalmente, quando o Bahia de Feira abriu o placar. Aos 31 minutos, Tico, que havia entrado no lugar de Bruninho, recebeu livre, com muita categoria e consciência cruzou sob medida para Deon que, de cabeça, tocou para Tiaguinho dentro da área, este sentiu que estava bem-marcado e optou por tocar a bola para trás, encontrando o companheiro Jarbas que chutou de primeira no ângulo esquerdo do goleiro Fábio, fazendo um a zero.

O jogo continuou indefinido, podendo sair gol a qualquer momento, até que aos 41 minutos o VAR, acionou o árbitro Emerson Ricardo de Almeida que, ao analisar as imagens, decidiu marcar uma penalidade máxima contra o time feirense, de modo particular entendo que houve equívoco da arbitragem. Ronan cobrou e empatou.

O árbitro acrescentou 12 minutos ao tempo regulamentar e foi exatamente nesses acréscimos que o jogo ficou mais emocionante, visto que, surgiram mais dois bonitos gols. Aos 56, Cazumbá cruzou da esquerda e dentro da área Adriano fez dois a um. O Bahia de Feira comemorou, porém, logo na saída de bola, Ronan recebeu a bola na entrada da área se livrou da marcação e com o pé esquerdo acertou um bonito chute no lado direito alto da meta defendida por Jean. Estava empatado o primeiro jogo da final.

A partida de volta será domingo (23/05) na Arena Cajueiro em Feira de Santana.