Por Tony Martins

Considerando as estatísticas do Campeonato Brasileiro da série C a partir de 2015, o Esporte Jacuipense terá muitas dificuldades para passar de fase na competição. Isso porque nas últimas cinco edições a média de pontos dos quartos colocados é de 27.5. Como o time baiano está na sexta posição do Grupo A com 17 pontos, um a menos que o Manaus quarto colocado, necessitaria de 11 pontos para alcançar sua classificação em 5 jogos restantes, sendo 3 em casa (Treze-PB, Santa Cruz e Paysandu em casa, Vila Nova e Ferroviário-CE fora).

Porém, existem os desvios na média nessa competição: O Guarani de Campinas fez 38 pontos na primeira fase em 2016, a maior marca registrada de 2015 para cá. Mas, existem dois times que estiveram abaixo da média e conseguiram êxito na Série C, são os exemplos de Confiança e Volta Redonda que em 2017 passaram para a segunda fase com 25 pontos.

Com relação ao rebaixamento, a situação do Jacuipense é tranquila, uma vez que, está com 5 pontos de vantagem sobre o Botafogo da Paraíba que é o nono colocado, o Imperatriz é o lanterna do Grupo A com 1 ponto.

Ainda de acordo com a estatística da Série C, observamos que nenhuma equipe foi rebaixada com 21 pontos nas últimas cinco edições da competição. A Juazeirense caiu em 2018 com 19 pontos, sendo que América-RN e Moto Clube-MA caíram com 20 pontos em 2016 e 2017, respectivamente. Ou seja, com mais 4 pontos em 15 a serem disputados garante ao Jacuipense a permanência na série C.