Diniz aposta no Brasil, mas espera jogo disputado diante do Peru

0
222
Fernando Diniz entrevista coletiva - Foto Vitor Silva - CBF

Da Redação – Carlos Humberto

No segundo compromisso pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2026, a Seleção Brasileira visita a Seleção Peruana nesta terça-feira (12), com a mesma escalação que goleou a Bolívia na estreia na última sexta-feira em Belém.

Ederson, Danilo, Marquinhos, Gabriel Magalhães e Renan Lodi; Casemiro, Bruno Guimarães e Neymar; Raphinha, Rodrygo e Richarlison deverá ser a equipe que começa jogando.

Na partida marcada para o estádio Nacional, em Lima, o Brasil terá pela frente um adversário mais bem ranqueado e mais conceituado entre as seleções sul-americanas, que deverá oferecer maior resistência e dificultar uma vitória brasileira se comparado com a mesma facilidade do jogo anterior.

O técnico brasileiro Fernando Diniz espera um jogo difícil: “O Peru é uma grande equipe. A gente viu cinco jogos do Peru. É muito forte fisicamente, bem treinado. Esperamos dificuldades aqui no jogo. Tem bons recursos técnicos, bons jogadores. A gente tá esperando um grande confronto”, afirmou ao site da CBF.

Mesmo assim, o retrospecto favorece amplamente a Seleção Brasileira, que nunca perdeu para o Peru em jogos válidos pelas Eliminatórias. Nas 50 vezes que se enfrentaram na história, são 36 vitórias brasileiras, nove empates e apenas cinco derrotas.

Para aqueles que gostam de números, no último confronto realizado em Lima, pelas Eliminatórias de 2020, o Brasil venceu por 4 a 2 e Neymar brilhou marcando três gols.

A partida começa às 23 horas (horário de Brasília) e terá transmissão da TV Globo (aberto) e no SporTV (canal pago).