Dupla BA-VI entra em campo em busca da recuperação

Por Jota Jota
Jota Jota

Depois de pouco mais de uma semana para que seus treinadores pudessem arrumar a casa, Vitoria e Bahia jogam neste sábado (26) em busca de melhorarem suas performances dentro da competição, cada um em sua série.

VITORIA

Bruno Pivetti, treinador do Vitória (Foto: Letícia Martins/ECV/Divulgação)

Buscando se aproximar definitivamente do G-4, os comandados de Bruno Pivetti, jogam contra o lanterna da competição, o Oeste, time do interior do estado de São Paulo, que soma apenas 06 pontos, ocupando a 20ª colocação, e pode ser presa fácil para o leão dentro do Santuário. Mas, cada jogo tem uma história bem diferente, e seja qual for o adversário todo cuidado é pouco. Bruno Pivetti, que vem tentando colocar a equipe atuando à sua maneira, já pode contar com reforços, sendo o principal deles, Juninho Capixaba, um meia de criação, peça carente no time rubro negro.

Das cinco próximas partidas, o Vitoria fará quatro dentro de casa, tendo a obrigação de somar os doze pontos, isso porque no returno, a coisa muda: das cinco, vai jogar apenas uma em casa, e é aí que o Leão vai precisar cantar de rei das selvas, no território alheio. Hoje com 14 pontos, ocupando a oitava colocação, se triunfar todos em casa, dará um salto expressivo na tábua de classificação, chegando a 26 pontos.  O torcedor só espera uma boa apresentação do seu time, lhe dando um pouco mais de confiança e esperança.

BAHIA

Elias durante treino do Bahia (Foto: Felipe Oliveira/Divulgação)

Também entra em campo neste mesmo dia, mas só que em Curitiba, onde vai enfrentar o Atlhetico do Paraná, precisando mais do que nunca de um resultado satisfatório, para começar a sua recuperação, tendo em vista estar dentro da zona de rebaixamento. Mano Menezes teve também um pouco mais de tempo, para conhecer e trabalhar com o seu elenco, que vem recebendo os reforços solicitados, dentre eles os volantes Elias e Éric Ramires, que retornou da Europa, ambos meio campistas, e regularizados, além do zagueiro Anderson Martins.

Pode ser que depois dos treinamentos, vá manter o time que começou jogando contra o Corinthians, com modificações táticas, e posicionamentos, que o professor disse ter corrigido, mas seus reforços estarão sim à disposição. Jogo carne de pescoço para o tricolor baiano, mas como o futebol, é na verdade uma caixinha de surpresas, de onde não se espera, é que acaba saindo, ou seja, a reviravolta nas atuações do tricolor, pode ser agora.

Senhores, o futebol baiano, vem precisando de uma sacudida dentro de campo, e para isso, é preciso que as nossas equipes, possam vencer seus compromissos, e irem se firmando dentro da competição, sempre com o apoio virtual de seus torcedores. É bom que acreditemos na dupla BA-VI, e que os pontos positivos aconteçam.

#PRONTOFALEI.