Da Redação – Jota Jota

Embora ainda se tenha a preocupação em definir o caso Paulo Carneiro e o Vitória, é preciso que o clube siga seu caminho, deixando que as coisas sejam resolvidas da melhor forma nos bastidores e administrativos do clube, seja qual for o caminho tomado após a AGE.

No momento o que mais importa é o soerguimento do clube em todos os seus seguimentos, e não se pode negar que Fábio Mota e seus pares de apoio administrativo vem fazendo um trabalho à contento, conseguindo aparar as enormes arestas que se apresentam dentro do Vitória.

Já a algum tempo, não se houve falar em novos problemas que surgiram, mas se ouve falar das soluções pequenas, mas objetivas conseguidas, e que de um modo ou de outro vem alavancando o time, com prerrogativas de uma 2022 bem melhor e menos sofrido.

Não quero dizer aqui que o Fábio Mota seja o suprassumo da intelectualidade administrativa e muito menos um Sassá Mutema, o Salvador da Pátria. O que estou a afirmar na minha ótica, é que o necessário e obrigatório para o andamento de uma agremiação, vem sendo praticado.

Até que se tenha novas eleições, é necessário que se acredite e apoie o que aí está e dando certo, os questionamentos de algumas coisas são sim pertinentes, mas para esclarecimento e nunca para atrapalhar o crescimento do administrativo que vem arrumando a casa.

Ao torcedor pouco importa os modos operandi executados, desde que não afundem ainda mais o clube, mas pelo que se pode observar dentro de uma transparência (que ainda não é a ideal), nada de absurdo acontece. Os fatos de antecipar pagamento, da promessa de pagamento da dívida na FIFA, é preciso estar no topo do bolo ao lado da cereja.

#PRONTOFALEI@JOTAJOTA.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here