Falôôô... A opinião de Jota Jota

Os poucos mais de dois mil torcedores que foram ao Barradão, com intuito de apoiarem o time, voltaram para casa ainda mais decepcionados, pelo que puderam acompanhar quando do empate por 1 a 1 frente a Jacuipense, depois de sair perdendo e empatar o jogo ainda no primeiro tempo, com uma penalidade máxima, muito mal marcada pela arbitragem da partida, uma falta que existiu, mas acontecera fora da grande área.

Mas deixando os detalhes de lado, nem mesmo o ponto conquistado elevou a autoestima do torcedor, que deixou o equipamento esportivo cuspindo fogo pelas ventas, pelo baixo rendimento do seu time, a começar pela escalação, quando o treinador poupou jogadores, devido ao primeiro BA VI do ano a ser disputado domingo na Arena Fonte Nova, válido pela Lampions Liague.

De novo, outra vez, como de costume, o time fora muito mal, sem entrega, com esquema tático indefinido, sem jogadas de criatividades, e mostrando os mesmos defeitos de outrora, não defende, não cria e nem ataca, totalmente improdutivo, o que não acende as esperanças do seu torcedor.

O time de Marcelo Chamusca não incomodou seu adversário, porque não conseguia concluir suas jogadas, mostrando um futebol abaixo da crítica, o que permitiu ao adversário mostrar alguma coisa, mas nada de excepcional. E o que menos importava ao torcedor no jogo era o resultado no marcador, muito embora o mesmo, pudesse amenizar um pouco a improdutividade do time. Interessava sim, a maneira de como o time reagiria em campo, já com vistas voltadas para o clássico de domingo, e o que fora mostrado, aumentou a preocupação do torcedor.

Neste momento, o Bahia tem uma equipe superior a do Vitoria, e por isso, se torna favorito para a partida, muito embora, em partidas deste naipe, nem sempre o melhor acaba vencendo, porque tudo pode acontecer, tão logo a bola role, valendo os três pontos.

Do mesmo modo, que o torcedor sofrera em 2017/18, a saga está se repetindo nesta abertura de temporada, a mostra disso é o afastamento do torcedor do Barradão, e o pior, é que não vemos movimentação nenhuma da diretoria do clube, no sentido de modificar o que estamos presenciando.

A jornada da noite desta quinta-feira 31, fora péssima em todos os sentidos para o rubro negro. Além de não mostrar evolução em campo, o Vitória se afastou do líder Bahia de Feira, que é a única equipe com 100% de aproveitamento. Agora é esperar a prova de fogo no domingo.

#PRONTOFALEI.