Educadora FM anuncia jurados do Festival de Música 

Ascom

A Rádio Educadora FM anunciou na última quarta-feira (05) os integrantes da comissão julgadora do ‘18º Festival de Música Educadora FM’. As inscrições seguem até 23 de agosto através do site www.festivaleducadora.com.br.

As cantoras e compositoras Margareth Menezes e Mariella Santiago, o músico, educador, compositor e arranjador, Letieres Leite, o cantor, compositor, filósofo e pesquisador, Tiganá Santana, e o músico e coordenador da Rádio, Paulo Alcoforado, formam o time responsável pela escolha das 50 composições selecionadas, que estarão na programação da Rádio Educadora FM.

Vencedor da primeira edição do Festival na categoria Música Instrumental (melhor arranjo), Letieres Leite, destaca que este é um dos poucos no Brasil em que a música instrumental está contemplada.  “A música instrumental está contemplada na categoria principal e em mesma condição financeira. Isso é de um respeito absurdo para nós que praticamos a música instrumental há tanto tempo e sabemos que não existe tanta visibilidade para este tipo de composição”, afirma.

Após a primeira etapa, definida pela comissão, serão escolhidas 14 finalistas, sendo 05 músicas instrumentais e 09 músicas com letra. Por meio da internet, os ouvintes poderão escolher as melhores canções pelo voto popular nas categorias “Música com Letra” e “Música Instrumental”.

Mariella Santigo também já teve experiência com o festival, em 2017, e falou da sua expectativa para esta edição, cuja premiação deverá acontecer de forma virtual, em um evento sem público, com transmissão ao vivo na tv, radio e internet. “A cada edição o Festival vem ganhando atualizações, evoluindo de acordo com seu tempo para estar presente, fazendo a diferença na trajetória de tantos artistas e do público. Ele simboliza o reconhecimento do valor dos nossos artistas, aqueles que se dedicam a compor e divulgar sua música na Bahia, muitas vezes com extrema dificuldade”, afirma.

“O festival da Educadora traz para os artistas, músicos e intérpretes a oportunidade exporem seus trabalhos para a apreciação do público, dando referencial a obra em um nível qualitativo interessante e apurado”, explica Margareth Menezes, que participa do festival pela primeira vez.

Outro estreante no júri, Tiganá Santana destacou a importância da atividade, sobretudo no atual contexto de pandemia. “O Festival da Educadora FM é, sobretudo, um estímulo para que pessoas ligadas a essa força motriz, chamada música, possam gravar e apresentar a sua intimidade ao público e a si mesmas. Mas, ele faz-se ainda mais necessário nessa conjuntura pandêmica que, infelizmente, estamos inseridos, haja vista a situação tão delicada de quem faz arte, em face de tudo isso”, analisa.

Há 17 anos a rádio pública da Bahia promove o Festival de Música, que vem crescendo, impulsionando e valorizando os compositores. “É especial poder coordenar um festival com uma história tão bonita de edições anteriores promovendo o talento. Neste momento que vivemos ele se torna ainda mais especial”, comemora Paulo, coordenador da Rádio Educadora.

Ao final, a Comissão Julgadora vai selecionar 6 vencedores, que receberão prêmios que variam de R$ 1.000,00 a R$ 12.000,00.