Texto: Maria Akemi – Fotos: Carlos Humberto e Rubens Carvalho

A segunda-feira (15) em Juazeiro foi de festa pelo aniversário de 141 anos da cidade. Para completar a celebração, a Desportiva Juazeirense recebeu o Brusque (SC) na primeira partida das quartas-de-final do Campeonato Brasileiro da Série D e venceu, com gol de Cesinha no primeiro tempo.

O público compareceu em bom número, aproveitando a distribuição de 2.500 ingressos. Apesar do clima de festa, com a bola rolando foi a equipe do Sul que assustou, com Junior Pirambu aos seis minutos.

Ele aproveitou um contra-ataque, arrancou entre a defesa e chutou no canto direito de Gleibson, mas a bola foi para fora. Minutos depois Iran respondeu para a Juazeirense, chutando de fora da área.

Cesinha deixa Cancão em vantagem

Errando muitas saídas de bola, os donos da casa davam brecha aos visitantes. Tudo mudou num lance despretensioso aos 25. Cesinha acertou um belo chute no canto superior de Zé Carlos, inaugurando o marcador. A chance de fazer o 2×0 veio em cobrança de escanteio. Emerson desviou de cabeça e o arqueiro do Brusque fez uma defesa espetacular.

Chances desperdiçadas

No segundo tempo o Cancão teve inúmeras chances de ampliar a vantagem. Primeiro, Jeam puxou um contra-ataque sozinho pela esquerda, driblou o goleiro e podendo tocar para Toni Galego sozinho, optou pela finalização e chutou longe da meta. Desespero da torcida e do companheiro no ataque.

Emílio de cabeça assustou, novamente em bola parada. Os juazeirenses ainda reclamaram de um possível pênalti não assinalado pela arbitragem na faixa dos 20 minutos. As mexidas dos dois treinadores e o desgaste dos atletas fizeram o ritmo da partida cair.

Brusque pressiona e Gleibson se destaca

Sem desistir da partida o Brusque quase empatou com Leilson, aos 40. O chute do camisa 16 fez o torcedor juazeirense segurar a respiração. Três minutos depois Gleibson defendeu e no bate-rebate a zaga afastou o perigo.

Mesmo com seis minutos de acréscimo o placar não se alterou e o torcedor da Juazeirense pôde comemorar mais uma resultado positivo em casa. A partida decisiva acontecerá no domingo (21), na casa do Brusque. Um empate garante o Cancão na Série C em 2020.

FICHA TÉCNICA

JUAZEIRENSE-BA 1×0 BRUSQUE-SC

Campeonato Brasileiro da Série D – quartas de final – jogo de ida

Data: 15 de julho de 2019, segunda-feira

Horário: 15 horas

Local: Estádio Adauto Moraes, Juazeiro-BA

Gols: Cesinha para a Juazeirense, aos 25 do 1ºT

Juazeirense: Gleibson, Rodrigo Ramos (William Kaefer aos 28 do 2ºT), Emílio, Emerson e Cesinha; Waguinho, Iran e Ewerton; Toni Galego, Jeam (Hugo aos 24 do 2ºT) e Nino Guerreiro (Balotelli aos 9 do 2ºT). Técnico: Cleverson Maurílio Silva

Reservas: Deijair; Marcio, Willian Fernandes, William Kaefer, Marcos, Caio Cezar, Gustavo, Hugo, Alex, Eduardo, Felipe e Bruno Neri.

Brusque: Zé Carlos, Zé Matheus, Ianson, Cleitão e Airton; Ruan, Thiago Alagoano e Romário; Fio (Thiago Henrique aos 15 do 2ºT), Junior Pirambu (Vinicius aos 22 do 2ºT) e Jeferson Renan (Leilson aos 38 do 2ºT). Técnico: Waguinho Dias

Reservas: Dida; Neguetti, Rodney, Gama, Leilson, Thiago Henrique e Vinícius.

Arbitragem: Ricardo Marques Ribeiro/MG-Fifa, Fabrício Vilarinho da Silva/GO-CBF e Sidmar dos Santos Meures/MG-CBF

Cartão amarelo: Junior Pirambu, Thiago Henrique, Leilson e Ianson (Brusque). Hugo (Juazeirense)

Público pagante: 1.800 (não pagante: 207; Total: 2.007)

Renda: R$ 6.600,00