Em jogo de seis gols Vitória bate o Cuiabá e se reabilita na Série B

Da Redação
Tiago Carleto comemora gol de pênalti contra o Cuiabá (Foto: Pietro Carpi)

Na tarde deste sábado (5), o Vitória recebeu o Cuiabá no Estádio Manoel Barradas em partida válida pela 8ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B 2020, e venceu o campeão do Mato Grosso por 4 a 2, resultado que faz o time baiano pular duas posições, subindo para a 6ª colocação com 13 pontos.

Além de perder a invencibilidade, o Cuiabá caiu para a terceira posição com 14 pontos, com um jogo a menos.

A partida marca a reabilitação do time baiano que vinha de derrota para o Confiança fora de casa e diminui as cobranças dos corneteiros de plantão sobre suposta inconstância da equipe de um jogo para outro.

Próximos jogos

Na próxima terça-feira 9, o Cuiabá recebe o Figueirense na Arena Planalto, às 21 horas, na abertura da 9ª rodada. Já o Vitória ganha folga até o dia 11, sexta-feira, para enfrentar o Cruzeiro, no Mineirão, às 21h30.

FICHA TÉCNICA

Vitória 4 x 2 Cuiabá

Campeonato Brasileiro da Série B – 8ª rodada

Data: 5 de setembro de 2020 (sábado)

Horário: 16h30

Local: Estádio Manoel Barradas, em Salvador

Gols: Léo Ceará, aos 28’, para o Vitória, Wallace (contra), aos 35’, para o Cuiabá; e João Victor, aos 39’, para o Vitória, no 1º tempo. Maxwell, aos 6’, para o Cuiabá; Carleto, de pênalti, aos 11’ para o Vitória e Rafael Carioca, aos 47’ para o Vitória;

Arbitragem: Ronei Candido Alves, Magno Arantes Lira e Helen Aparecida Gonçalves Silva Araújo, todos de Minas Gerais

Vitória: Ronaldo, Bocão, Wallace, João Victor e Carleto (Leocovick); Guilherme Rend, Gérson Magrão (Rafael Carioca), Fernando Neto (Jean) e Marcelinho; Léo Ceará (Caicedo) e Vico (Mateusinho). Técnico: Bruno Pivetti.

Cuiabá: João Carlos, Hayner, Helder Maciel, Anderson Conceição e Romário; Marinho (Ferrugem), Felipe Ferreira (Yago), Matheus Barbosa e Elvis (Mateus Nogueira); Jenison (Fabrício) e Maxwell (Lucas Ramon). Técnico: Marcelo Chamusca

Cartão vermelho: João Carlos e Helder (CUI) e Marcelinho (VIT)