Jota Jota

Tecnico Wagner Lopes – ECV – Divulgação

Aconteceu o que era previsto. Pela situação das duas equipes na tábua de classificação, Ponte Preta e Vitoria não saíram de um zero a zero em jogo com alternâncias de domínio dentro de campo, com leve superioridade do time baiano, em determinados momentos com o goleiro Ivan da Ponte, sendo mais exigido do que Lucas Arcanjo.

Mesmo assim, o ataque do Vitória novamente ficou abaixo das expectativas do torcedor, depois dos jogos em casa em que os gols aconteceram e na primeira partida diante do Botafogo da Paraíba pela Copa do Nordeste, pode-se dizer que o resultado fora deveras ruim para as duas agremiações, com a Ponte Preta em estado de ameaça constante em adentrar a zona cruel, e o Vitória sem conseguir se aproximar da porta de escape.

A Ponte permaneceu na 15ª posição somando agora 38 pontos, e o Vitória na 17ª com 33 pontos ganhos, ambas precisando esperar o término da rodada para que seus posicionamentos sejam confirmados ou não.

Na 33ª rodada o Vitória recebe na terça-feira (2), às 16 horas, no Barradão, o CSA, precisando dos três pontos. Já a Ponte Preta vai a Goiânia enfrentar o Goiás também no feriado, mas às 21:3hs.

PONTE PRETA  0x0 VITÓRIA

32ª Rodada da Série “B”

Estádio Moisés Lucarelli – Campinas/SP

30/10/2021 – Sábado – 16 horas

Público: 3.396 – Renda: R$46.916,00

Árbitro: Denis Ribeiro Serafim (AL)

Auxiliar: Esdras Mariano de Lima e Brígida Cirilo Ferreira (AL)

Ponte Preta: Ivan; Kevin, Fábio Sanches, Rayan (Edney) Rafael Santos;

Marcos Júnior (Lucas Candido), Matheus Anjos (Fessin) e Yago Henrique; Richard (Yago), Rodrigão e Moisés (André Luiz). Técnico: Gilson Kleina

Vitoria: Lucas Arcanjo; Raul Prata, Thalisson Kelven, Wallace Reis e Roberto (Soares); João Pedro, Bruno Oliveira (Renan Luiz) e Eduardo (Fernando Neto); Fabinho, David (Samuel)e Marcinho (Caique Souza). Técnico: Wagner Lopes