Ascom / Juazeirense

Jogando na Arena Cajueiro, a Juazeirense garantiu passagem para a segunda fase do Campeonato Baiano, ao vencer o Bahia de Feira por 3 a 1, gols de Wendel, Nino Guerreiro e Carlinhos no segundo tempo. Deon descontou para o time da casa.

É a segunda vitória do Cancão de Fogo na retomada do Estadual, após a paralisação por conta da pandemia do novo coronavírus.

Desde o apito inicial, a Juazeirense mostrou personalidade e surpreendeu o Bahia, assumindo as ações ofensivas. Em pelo menos dois lances, o gol ficou na garganta do torcedor juazeirense, quando a bola, caprichosamente, acertou a trave do Bahia.

Na volta do intervalo, a equipe manteve a pegada e os gols vieram em jogadas criadas pelo setor de meio de campo. Aos 12 minutos, o zagueiro Wendel acertou cabeçada fulminante, sem chance para o goleiro Alan. Autor do primeiro gol contra o Conquista, na última quinta-feira, o zagueiro mostra sua face de artilheiro, se tornando excelente opção para as jogadas de bola parada.

O segundo gol teve a marca do atacante Nino Guerreiro, quando eram decorridos 22 minutos. Após receber passe em profundidade do capitão Waguinho, o implacável artilheiro desviou para o fundo das redes na saída do goleiro Alan.

Para consagrar a irrepreensível atuação, o lateral Carlinhos fechou o caixão aos 50 minutos da etapa final. O gol do Bahia de Feira foi marcado pelo atacante Deon, aos 32 minutos.

Além da Juazeirense, estão classificados para a fase semifinal Bahia, Jacuipense e Atlético de Alagoinhas.

FICHA TÉCNICA

BAHIA DE FEIRA 1×3 JUAZEIRENSE

Campeonato Baiano – 9ª rodada

Data: 26 de julho de 2020

Local: Arena Cajueiro, em Feira de Santana-BA

Horário: 16 horas

Árbitro: Marielson Alves Silva. Assistentes: Carlos Vidal Pereira de Oliveira (1) e Wesley Silva Santos (2).

Gol: Wendel, de cabeça, aos 12’, Nino, aos 23’ e Carlinhos, aos 50′ do 2º tempo, para a Juazeirense; Deon, aos 32’, marcou para o Bahia.

Bahia de Feira: Alan, Jarbas, Paulo Paraíba, Menezes (Murilo) e Cazumbá; Capone, Diones, Bruninho (Ebinho) e Pelé (Neguinho); Deon e Pedro Pires. Técnico: Quintino Barbosa

Juazeirense: Rafael Robalo, Rodriguinho, Olávio, Wendel e Digão; Waguinho, Patrik e Iran; Iago, Nino (Maycon) e Mateusinho (Carlinhos). Técnico: Carlos Rabelo