Da Redação JOTA JOTA

O meia dinamarquês Eriksen, que deu um tremendo susto no mundo do futebol, quando defendia a seleção do seu país, mas que pertence a de Inter Milão, foi operado nesta quinta-feira, e segundo informações do jornal italiano “Gazzetta dello Sport”, a cirurgia foi um sucesso.

Internado desde o último sábado no hospital Rigshospitalet, em Copenhague, Ericksen recebeu um CDI – sigla em inglês para cardioversor desfibrilador implantável -, dispositivo necessário, depois de um ataque cardíaco, causado por distúrbios de ritmo cardíaco.

Segundo a “Gazzetta dello Sport”, os médicos dinamarqueses ouviram especialistas internacionais e optaram pela cirurgia em vez do tratamento apenas com medicamentos. Se tudo correr bem, o jogador deverá ter alta ainda nesta sexta-feira, e voltar para casa na Dinamarca.