Por Tony Martins

Diferente do que se pode imaginar, escrever é uma possibilidade de expressão que simboliza o pensamento e o sentimento que sobressalta às questões que regem o mundo em que vivemos, num pragmatismo cotidiano sobre o qual nos esbarramos para nutrir as nossas necessidades materiais, sem as quais não vivemos. Porém, é de fundamental importância registrar aquilo que as pessoas fazem, uma vez que os feitos humanos garantem a consolidação histórica e permitem a existência cultural de uma sociedade.

A Agência CH, se apresenta como uma vertente, sobre a qual podemos fazer correr a notícia, mostrar o que as pessoas fazem, opinar e questionar questões relevantes do nosso dia-a-dia. O esporte, naturalmente, é um tema abrangente que passeia pelos campos cultural, social, político e econômico, embora muitos não consigam sentir esse aspecto tão significante, talvez a leveza e a paixão com que é desenvolvido, o afaste do senso crítico.

Dedico parte do que escrevo à educação e ao esporte, principalmente o futebol que me embriaga de saber e por ser saber apodara-me de conhecimento que tento compartilhar com quem estabeleço uma comunicação mais direta. Nesse sentido, sou grato à Agência CH por oferecer esse espaço como canal, onde posso expressar o nosso pensamento.

o terceiro jogo da rodada de hoje com objetivos diferentes, já que o Touro do Sertão almeja o G4, enquanto o representante do Sudoeste Baiano tenta vencer para fugir da zona do rebaixamento. O Fluminense tem 9 pontos, ocupando a quinta posição e tenta se recuperar da derrota sofrida diante da Juazeirense em casa. O Vitória da conquista perdeu duas vezes e empatou quatro vezes e não venceu nenhuma partida, por isso, tem que aproveitar o fato de jogar em casa para conquistar seu primeiro triunfo na competição. Os dois últimos adversários do Flu de Feira serão Jacuipense em casa e o Esporte Clube Bahia em Salvador.

O outro jogo que completa a rodada entre Jacuipense x Vitória foi adiado para o dia 15 de março, na Arena Valfredão em Riachão do Jacuípe. O rubro negro baiano que assim como o seu rival Bahia disputa o Campeonato Baiano com a equipe de transição, é o vice líder da competição  com 11 pontos,  está motivado pelo fato da equipe principal  figurar na zona de classificação da Copa do Nordeste e ser a única equipe do estado ainda  na Copa do Brasil, onde enfrentará o Ceará na terceira fase. Já o Leão do sisal tem 9 pontos, ocupa a quarta colocação e perdeu apenas uma partida na competição, diante da Juazeirense na quinta rodada. Se o Esporte Jacuipense vencer o rubro negro ultrapassará a equipe da capital, podendo complicar a vida do rubro negro. Caso o Vitória saia vencedor diante da equipe do interior, praticamente se garante de forma antecipada na semifinal do estadual. Nas duas últimas partidas da primeira fase da competição o Vitória enfrentará o Bahia de Feira no Barradão e o Doce mel fora de casa, enquanto o Jacuipense terá pela frente o Fluminense no Joia da Princesa e o Atlético de Alagoinhas em Riachão do Jacuípe.