Estudantes apoiados pelo FazAtleta competem nos Jogos Escolares da Juventude, em Blumenau-SC 

Oito atletas de judô apoiados pelo Programa de Esporte Amador Olímpico e Paralímpico (FazAtleta) estão competindo na etapa nacional dos Jogos Escolares da Juventude – JEJ 2019. Sete deles lutaram entre sábado (16) e terça-feira.

Nesta quarta, competem, representando a Bahia, Ana França, Laiza Fiquereido, Alessandra Santos, Sabrina Souza e os judocas masculinos André Carvalho, João Santos, Dario Guimarães e Cleyton Santana.

Única beneficiada feminina que compete hoje, Sabrina, lutou recentemente a final do Combat Games, seletiva pro Gymnasiade , um campeonato mundial de desporto mundial escolar.

Dos oito beneficiados que participam do JEJ 2019, seis são do interior de Jequié e Cruz das Almas, além de dois da capital.

Além dos atletas apoiados pelo programa de incentivo do Governo do Estado, tem técnico com auxílio do FazAtleta também. O judoca Diego Santos, de Jequié, região Sudoeste do Estado, treina alunos do projeto “Judô ação”, que levou a Blumenau seis atletas.

Quando não está dando aulas a seus alunos, Diego, que é atleta da seleção brasileira principal de judô , treina firme em  busca de uma vaga na Olimpíada de Tóquio, em 2020.

Para ele, o apoio do FazAtleta é de grande importância. “Esse benefício me possibilita participar de competições por adesões como Grand Slam, Copa do Mundo, Grand Prix. Tudo isso me ajuda a chegar ao meu objetivo de competir na Olimpíada”, afirma o judoca.

Os demais atletas beneficiados são: Matias Araújo; Bruno Almeida; Enzo Silva; Sabrina Souza; Maria Eduarda; Amanda Nogueira; Filipe Goes e João Vítor.  Destes, somente Sabrina compete hoje. Os demais fizeram suas participações entre os dias 16 e 19 de novembro.

Manos – Também beneficiado pelo FazAtleta, Miguel Leite Barretos, 14 anos, que competiu pelo judô em Blumenau na última segunda-feira (18), na categoria -64, contou com uma companhia bem familiar nos jogos: o irmão Matheus Barretos, de 16 anos, que competiu na manhã dessa terça-feira na categoria -66. Ele, que foi 3º lugar em 2016 e em 2019 no Brasileiro Regional de Judô, fala com entusiasmo de participar da competição com o irmão. “Estar aqui com meu irmão é muito gratificante. Independente do resultado, um incentiva e apoia o outro quando perde, isso aumenta cada vez mais nossa amizade”, disse.

Miguel, que recentemente disputou, no Chile, o Campeonato Sul-Americano, pratica judô desde os três anos, treinando junto com o irmão na Associação de Artes Marciais de Cruz das Almas- Assamaca, em Cruz das Almas, cidade natal de ambos. Quando perguntado sobre a experiência da estreia dele e do irmão nos Jogos, ele revela ser um sonho antigo de ambos.

O baiano, que teve uma lesão durante a repescagem da competição, impossibilitando-o de prosseguir a luta, se diz ser muito grato ao incentivo do Governo do Estado que já o apoia há dois anos. “Me ajuda em vários sentidos, a bancar minhas competições, hospedagem e viagens. É um grande incentivo ao esporte e aos atletas.”

Outro destaque dos atletas que competem hoje, mas sem o auxílio, é André, atleta da categoria de base da seleção brasileira sub 21 irá lutar o Meeting que qualifica o atleta para participar do circuito mundial que vale vaga para o mundial da categoria dele (até 73kg). E participou recentemente do torneio Bremen, na Alemanha.

 FazAtleta – O programa de incentivo do Governo do Estado oferece isenção fiscal a empresas que se comprometem a apoiar financeiramente esportistas que residem na Bahia, além de eventos que acontecem no estado.

Jogos Escolares – Maior evento estudantil esportivo do Brasil, é de realização do Comitê Olímpico Brasileiro- COB. A delegação da Bahia que embarca com 174 pessoas, para Blumenau-SC entre alunos atletas e comissão técnica.

Toda a delegação viaja com passagens cedidas pelo Governo da Bahia, por meio da Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), autarquia da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte, tendo o apoio da Secretaria de Educação e da Federação Baiana de Esporte Escolar (Fbee).

Ascom Sudesb