Da Redação – Foto: Getty Images

A Eurocopa 2020 está chegando nas últimas partidas, mas até aqui, a edição é histórica. Nenhuma outra havia registrado mais gols contras do que esta, adiada do ano passado para 2021.

São nove gols contra até o momento. O mais recente veio na partida entre Croácia e Espanha. Os tentos contra o próprios patrimônios foram os seguintes:

1- Demiral, em Turquia 0 x 3 Itália, na 1ª rodada;

2- Szczesny, em Polônia 1 x 2 Eslováquia, na 1ª rodada;

3- Mats Hummels, em Alemanha 0 x 1 França, na 1ª rodada;

4- Rúben Dias, em Portugal 2 x 4 Alemanha, na 2ª rodada;

5- Raphäel Guerrero, em Portugal 2 x 4 Alemanha, na 2ª rodada;

6- Hrádecky, em Finlândia 0 x 2 Bélgica, na 3ª rodada;

7- Dubravka, em Eslováquia 0 x 5 Espanha, na 3ª rodada;

8- Juraj Kucka, em Eslováquia 0 x 5 Espanha, na 3ª rodada;

9- Pedri (ESP), em Croácia 3 x 5 Espanha, nas oitavas de final.