JACUIPENSE, EM BUSCA DO LUCRO.

Depois de alcançar o seu principal objetivo, que era o de estar na série C na temporada de 2020, e fora alcançando em campo, com uma performance de primeira, pois chegou junto com Brusque e o Manaus, com 26 pontos, perdendo posições pelos critérios, o time de Riachão do Jacuípe-BA, agora quer o lucro da competição.

Mesmo estando entre os quatro que ascenderam a Série C, o Leão do Sisal joga na noite deste sábado 3, sua partida de volta contra o Manaus, na capital do Amazonas, com a decisão em aberto, já que empataram a primeira partida. Um novo empate, e a decisão para a final será nos pênaltis, ou quem vencer no tempo normal, já avista o lucro, que é ser campeão, bem mais perto.

Pelo que seu time apresentou fora de casa, durante todas as fases da competição, o técnico Jonilson Veloso, acredita que pode sim chegar à grande final, para enfrentar Ituano ou Brusque, que estão do outro lado da chave. Não é por acaso, que a Bahia esportiva estará de olho no jogo que começa às 6 da tarde.

Caso vá para a final, será um acontecimento inédito para o futebol baiano, e para o interior, porque a Juazeirense, foi a primeira a subir, mas não se sustentou, caindo no mesmo ano.

Para cima deles Leão do Sisal, mostre o quando seu acarajé é apimentado.

#PRONTOFALEI.