Falôôô… A opinião de Jota Jota

Devido a pandemia que assola o mundo, e em especial o esportivo, as medidas tomadas por quase todos os seguimentos e modalidades, em suspender por tempo indeterminado, para que seus atletas, dirigentes, funcionários e desportistas estejam protegidos, evitando uma maior expansão desta doença, que aterrora a todos no momento.

Especificamente no Brasil, em se tratando de futebol, as medidas em praticamente todos os estados, adiam jogos e/ou suspendem os campeonatos por tempo indeterminado, clubes dispensaram seus atletas, com cartilhas de comportamento, até que possam retomar as atividades normais.

Mas na Bahia, apesar das medidas tomadas pelo poder público, através de suas secretarias de saúde, não se sabe porque cargas d’água, o governo do estado, permitiu que a FBF realize as duas últimas rodadas da primeira fase, com portões fechados.

A medida causou revolta, não só no Sindicato dos atletas profissionais, que emitiu nota de repúdio, como em torcedores e pessoas ligadas ao futebol. A justificativa da federação explica mas não justifica, tendo em vista, que nestas partidas, estarão envolvidos os atletas dos 10 clubes, seus funcionários, funcionários dos estádios, os profissionais de imprensa. Será que todas estas pessoas estão IMUNIZADAS, ou é por conta das mesmas os riscos?

Falam em prejuízo, este é apenas financeiro, muito menor que o prejuízo da saúde das pessoas, que em determinados casos chega à fatalidade. A rodada de número oito está mantida para o final de semana, e a última fora antecipada para o dia 25, encerrando-se o primeiro turno, e a partir daí, o certame fica suspenso, também por tempo indeterminado.

Em nossa modesta opinião, dever-se-ia, também manter o preventivo, e a entidade maior do futebol baiano, seguir as determinações da CBF, em suspender as competições que são dirigidas pela mesma, mas os mandatários da Bahia, não pensaram da mesma forma. Então os clubes que tratem de proteger seus atletas e funcionários, que os colegas de imprensa, escalados para as coberturas, mantenham as distâncias um dos outros, e tenham o maior cuidado possível.

É mais do que necessário, estar atendo, e se prevenir, porque todo cuidado é pouco.

#PRONTOFALEI.