Por Jota Jota
Jota Jota

Com a prerrogativa de que o certame baiano deva retornar na segunda quinzena de julho, por várias vezes buscamos acessar o site da Federação Baiana de Futebol, em busca de informações oficiais, para que possamos ter as diretrizes de como será este retorno, quais as providências que a entidade tomou, ou vem tomando, e acima de tudo, a situação dos clubes da série “A” do estadual, além de Bahia, Vitoria, Bahia de Feira e Jacuipense, os que já retomaram as atividades.

Mas, por incrível que possa parecer, o site da entidade máxima do futebol baiano só tem notas de pesar, por falecimentos recentes, todos muito bem homenageados com as notas de pesar, mas o que transparece, é que o site só tem NEFROLOGIA, e o futebol, onde anda, com suas últimas informações, em que pé estão os preparativos, alguém sabe?

Os clubes que desmancharam seus elencos, como estão fazendo, receberam a ajuda prometida pelo presidente Ricardo Lima, ou tudo ainda está apenas na promessa, esperando que recursos caiam do céu, ou de algum poder público, será que a FBF, não tem dinheiro? O que fora feito com suas receitas, os repasses da CBF, e outros? Não me venham com prerrogativas, de que os gastos são absurdos, é só mostrar onde e com o quê, muito embora seja uma entidade privada, mas que por sim ou por não, precisa dar uma satisfação, aos torcedores dos seus afiliados.

Aquela Rádio Corredor, que comenta as notícias por entre linhas, e a boca pequena, revela de que fora solicitada um adjutório (ajuda) ao Governo do Estado, para que seja repassado aos clubes, mas que Ruy Costa despachou, sem que se saiba, se fora deferido, ou indeferido. Então é melhor que se espere a oficializar o pedido, se ele realmente aconteceu, embora a Rádio Corredor não solte fumaça, se não houver brasa.

Com todos os gastos do Governo com a pandemia, com os problemas de desvio de respiradores a serem apurados, não é possível que a FBF, tenha feito tal solicitação, o que colocará o governador em uma saia mais do que justa. Se isso vier a acontecer, a entidade privada, que tem muito dinheiro, não pode a esta altura, recorrer ao poder público, que precisa ter seus recursos voltados para a saúde.

A verdade, é que o site da FBF precisa voltar a veicular notícias do nosso futebol, deixando a população e a imprensa informada, para que não se trabalhe em cima de especulações. Será que os contatos com os presidentes de clubes, vem acontecendo, o que estão tratando, e o protocolo do retorno está pronto, as autoridades sanitárias, liberaram? Perguntas que precisam ter respostas, e postadas no site oficial da entidade.

Julho começa em dois dias, os clubes precisam de no mínimo 15 dias para treinamentos, acho o espaço de tempo curto, e como sempre, se fará um paliativo para que se tenha o certame concluído, evitando embolar tudo em 2021, sem contar que tem clube da série B do baiano, que conta com a realização do campeonato, visando ascender à série A em 2021, a Unirb e o Barcelona de Ilhéus, clubes empresas, estão se preparando.

Vamos aguardar, quem sabe o site deixa o seu estado nefrológico, e volte a fornecer as notícias do futebol baiano.

#PRONTOFALEI.

*Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Agência CH.