Da Redação - Foto: AP

O que já era esperado se confirmou nessa semana. Sebastian Vettel não seguirá como piloto da Ferrari.  A equipe formalizou a informação nessa terça-feira (12), alegando que a decisão foi tomada por ambas as partes.

O atual contrato de Vettel, de três anos de duração, termina no final desta temporada, mas as negociações não andaram e as duas partes decidiram seguir caminhos opostos. “Essa foi uma decisão tomada em conjunto por nós e Sebastian, um que ambas as partes sentem
ser o melhor”, disse o chefe da Ferrari Mattia Binotto.

Vettel chegou a Ferrari buscando repetir os feitos do ídolo Michael Schumacher. Sites especializados na F1 apontam Carlos Sainz como substituto do alemão na próxima temporada.