Da Redação – Foto: Twitter/Reprodução

Se não teve Corinthians na final da Libertadores Feminina, a Ferroviária será a representante do Brasil na decisão. Hoje (18) o clube paulista venceu o Universidad de Chile por 7×6, nos pênaltis.

No tempo normal, 0x0. Essa será a terceira final de Libertadores que as Guerreiras Grenás disputam em sua história. Em 2015, a equipe foi campeã sobre o Colo-Colo-CHI, já em 2019, foi derrotada pelo Corinthians.